HORA DE ESTUDAR!

Prefeitura de Marituba prepara concurso com 2.654 vagas

POSTADO EM: Sexta-Feira, 08/09/2017, 21:28:59
ATUALIZADO EM: 09/09/2017, 11:52:45

A prefeitura de Marituba se prepara para realizar um novo concurso público para o preenchimento de 2.654 vagas distribuídas em cargos de diversas áreas de atuação.

A gestão municipal irá aguardar o anúncio da empresa vencedora que irá organizar o certame para dar mais informações do concurso, como o cronograma contendo as datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas.

Oportunidades do concurso da Prefeitura de Marituba

Consta no edital de licitação que os candidatos com ensino fundamental poderão pleitear os postos de agente de portaria (83 vagas), agente de serviços urbanos (168), auxiliar administrativo (220), auxiliar de serviços gerais (293), carpinteiro (3), eletricista (10), encanador (3), jardineiro (1), manipulador de alimentos (6), maqueiro (10), marceneiro (1), mecânico de máquinas pesadas (4), merendeira (66), motorista - condutor de ambulância (10), motorista de veículos leves - categoria "B" (9), motorista de veículos pesados - categoria "D" (13), operador de máquinas leves (5), operador de máquinas pesadas (5), pedreiro (9) e vigia (163).

Um total de 589 ofertas deve ser disponibilizado para quem possui nível médio e/ou curso técnico, sendo para os seguintes empregos: agente administrativo (130), agente de fiscalização ambiental (23), agente de trânsito (20), agente de vigilância sanitária (16), auxiliar de saúde bucal (10), cuidador de idoso (5), digitador (10), educador social (2), fiscal de obras (5), fiscal de transporte (10), fiscal de tributos (5), guarda municipal (50), monitor social (58), secretário escolar - tecnólogo (69), técnico agrícola (1), técnico em enfermagem (130), técnico de laboratório (10), técnico em edificações (2), técnico em informática (13), técnico em pesca (1), técnico em prótese dentária (2), técnico em radiologia (10), técnico de segurança do trabalho (2), telefonista (3) e topógrafo (2).

Os cursos de formação superior serão exigência para as carreiras de administrador (3), advogado (11), arquiteto (4), assistente social (42), bibliotecário (1), biólogo (1), biomédico (2), bioquímico (2), cirurgião dentista - prótese dentária (1), cirurgião dentista - clínico geral (1), cirurgião dentista - endodontia (1), cirurgião dentista - estomatologia (1), cirurgião dentista - odontopediatria (1), cirurgião dentista - pacientes PNE (1), cirurgião dentista - periodontia (1), cirurgião dentista - radiologia e imaginologia (1), cirurgião dentista - traumatológico (1), contador (13), enfermeiro (60), engenheiro agrônomo (1), engenheiro ambiental (1), engenheiro civil (1), engenheiro de alimentos (1), engenheiro de trânsito (1), engenheiro elétrico (1), engenheiro mecânico (1), engenheiro químico (2), engenheiro sanitarista (1), farmacêutico (4), fisioterapeuta (4), fonoaudiólogo (4), massoterapeuta (3), médico PSF (1), médico veterinário (2), nutricionista (9), ouvidor (1), pedagogo (7), procurador municipal (6), psicólogo (18), psicopedagogo (11), sociólogo (7), tecnólogo em processamento de dados (5), terapeuta ocupacional (7) e professor nas áreas de artes (10), ciências (25), educação especial (20), educação física (21), educação de jovens e adultos do ensino fundamental (225), ensino religioso (20), estudos amazônicos (20), geografia (20), história (20), inglês (20), língua portuguesa (55), matemática (55) e educação infantil (225).

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment