ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro se manifesta sobre ataques extremistas pelo Brasil

POSTADO EM: Quarta-Feira, 10/10/2018, 21:34:32
ATUALIZADO EM: 10/10/2018, 23:16:00

zoom_out_map
Reprodução

Jair Bolsonaro pediu nesta quarta-feira (10) para que seus apoiadores não cometam atos de violência. Através de sua conta no Twitter, o candidato militar argumentou que não tem controle sobre as pessoas e que é a “prova viva” da intolerância.

“Esta pergunta não deveria ser invertida? Quem levou a facada foi eu. Um cara lá, que tem uma camisa minha, comete um excesso, o que eu tenho a ver com isso? Eu lamento. Peço ao pessoas para que não pratique isso, mas eu não tenho controle sobre milhões de pessoas que me apoiam. Agora, a violência vem do outro lado, e eu sou uma prova viva disso”, disse o candidato.

Bolsonaro ainda aproveitou para negar que esta eleição tenha um clima bélico na campanha. “Não está tão bélico assim, está um clima acirrado, de disputa, mas são casos isolados, que a gente lamenta e espera que não ocorram”.

Em nenhum momento Bolsonaro citou diretamente o mestre Moa do Catendê, assassinado com 12 facada por um militante de Bolsonaro na última segunda-feira (8), em Salvador, Bahia, e nem mesmo as outras vítimas agredidas pelo Brasil.

(Fonte: Uol)



COMENTÁRIOS mode_comment