POLÍTICA

Presidente do TRF-4 suspende habeas corpus e Lula não será solto

POSTADO EM: Domingo, 08/07/2018, 20:07:05
ATUALIZADO EM: 08/07/2018, 20:27:25

zoom_out_map
Reprodução

Lula permanecerá preso. Após um dia cheio de reviravoltas, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Thompson Flores, suspendeu a ordem de habeas corpus que permitia a soltura do ex-presidente.

A ordem que permitia a Lula ser solto havia sido dada pelo desembargador Rogério Favreto – também membro do TRF-4 – na manhã deste domingo (8). A decisão agitou os bastidores políticos e da própria Polícia Federal em todo o país, e até mesmo o juiz Sérgio Moro, que está de férias em Portugal, tirou o dia para despachar contra a ordem de habeas corpus.

Veja também:

A decisão de Favreto causou um grande embaraço no TRF-4, tribunal onde estão alocados os principais relatores da Lava Jato. O desembargor chegou a dar o prazo de uma hora para a soltura de Lula, e afirmou que sua decisão não desafiava de maneira alguma os membros do TRF-4. Após um dia de reviravoltas, a suspensão da ordem por Thompson Flores deixou tudo como está. 

“Nessa equação, considerando que a matéria ventilada no habeas corpus não desafia análise em regime de plantão judiciário e presente o direito do Des. Federal Relator em valer-se do instituto da
avocação para preservar competência que lhe é própria (Regimento Interno/TRF4R, art. 202), determino o retorno dos autos ao Gabinete do Des. Federal João Pedro Gebran Neto, bem como a manutenção da decisão por ele proferida no evento 17”, escreveu Thompson.

“Comunique-se com urgência à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal”, anotou.

(Fonte: Estadão)



COMENTÁRIOS mode_comment