CASO MARIELLE

Armas da polícia devem ser periciadas para investigar morte de vereadora

POSTADO EM: Segunda-Feira, 14/05/2018, 20:55:21
ATUALIZADO EM: 14/05/2018, 21:33:13

zoom_out_map
Divulgação

Os investigadores à frente do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes anunciaram hoje (14) que querem periciar todas as submetralhadores MP5 das polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro e apurar se alguma delas foi utilizada no crime.

Segundo informações da Veja , a MP5 não costuma ser utilizada por bandidos e quase todas estão nas mãos de forças policiais - até mesmo da própria Polícia Federal. Ela é uma arma de alta precisão e de difícil manuseio.

Por conta disso, os investigadores entendem que apenas atiradores treinados conseguem operá-la com maestria, da mesma forma como foi usada na morte de Marielle. Diante esse conhecimento é que fica cada vez mais forte a tese de que policiais estariam envolvidos no crime.

Ainda segundo a reportagem, um policial que está envolvido na apuração afirmou que apenas pedir às polícias a relação de todas as MP5 retiradas no dia do crime não seria o bastante porque “não há um controle mais rígido das armas” e, por esse motivo, “a medida acabaria sendo improdutiva”.

(Com informações da Veja)

LEIA TAMBÉM



COMENTÁRIOS mode_comment