TEM QUE TER FÉ

Mulher de 64 anos dá luz após passar a vida tentando engravidar

POSTADO EM: Sábado, 14/04/2018, 20:57:32
ATUALIZADO EM: 14/04/2018, 20:57:32

zoom_out_map
Reprodução

A história de Norma Maria de Oliveira é uma daquelas que fazem chorar, mas de alegria. O sonho de sua vida era ter um filho, entretanto, a vida lhe reservou isso quando menos se esperava, quando já não havia quase nada de esperança.

Norma tentava engravidar desde os 34 anos, tendo passado por vários tratamentos diferentes para tentar ter um filho, sem resultados. Mas sua hora chegou, e com 64 anos ela finalmente deu luz a uma pequena menina. O nascimento de Ana Letícia comoveu milhões de brasileiros.

Ana nasceu prematura de 8 meses, com 1,7kg e 48 cm. A pequena está na incubadora, mas passa bem, assim como a mãe que ainda está repousando na maternidade Octaviano Neves, em Belo Horizonte. Foram 30 anos de batalha, mas tudo valeu a pena no final. “É bom demais. Então estou muito feliz. Nossa, acho que é a maior realização da minha vida”, Norma falou, em entrevista a um jornal.

O sonho da mineira se realizou a partir de uma fertilização in vitro (FIV), utilizando óvulos doados anonimamente e o espermatozoide do marido de 45 anos. Além de todas as complicações devido ao método e à idade de Norma, ela ainda enfrentava outras desvantagens ao escolher esse procedimento. “Geralmente, apenas uma em cada quatro tentativas de FIV dá certo logo na primeira tentativa”, explicou Rita de Cássia Amaral, ginecologista e obstetra da mulher.

Toda gravidez in vitro é considerada de risco, e houveram cuidados redobrados devido à idade da mineira. Rita está acostumada a pegar casos arriscados, mas essa experiência foi novidade até para ela. “Trabalho com gravidez de mulheres com idades consideradas de risco, mas esta foi a primeira vez que atendi alguém com mais de 50”, disse.

Agora é só aguardar Ana Letícia sair da incubadora e caminhar para sua casa, carregando nos braços o sonho de uma vida inteira.

(Fonte: UOL)



COMENTÁRIOS mode_comment