ELEIÇÕES 2018

Lula será lançado candidato a presidente um dia após julgamento

POSTADO EM: Quarta-Feira, 10/01/2018, 23:25:03
ATUALIZADO EM: 10/01/2018, 23:25:03

zoom_out_map
Reprodução

O ex-presidente Lula foi condenado pelo juiz federal Sergio Moro a 9 anos e seis meses de prisão no caso do tríplex e seu julgamento no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) será no dia 24, em Porto Alegre.

Mas, de acordo com informações do BuzzFeed News, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), anunciou nesta quarta-feira, dia 10, que Lula será lançado como candidato a presidente da República no dia seguinte ao julgamento em uma reunião ampliada da comissão executiva nacional do partido, seja qual for o resultado da sentença.

Segundo a reportagem, o PT aposta na pressão popular por meio de mobilizações nas redes sociais com políticos, artistas e líderes de movimentos, além de articular manifestações para o dia do julgamento em Porto Alegre, São Paulo e outras capitais.

O partido afirmou que, mesmo que o ex-presidente seja condenado, a inelegibilidade dele só poderia ser instituída na data do registro de sua candidatura, o que deve ocorrer em 15 de agosto. Por isso, até esse dia, os petistas planejam promover a campanha e fazer pressão para reverter qualquer resultado desfavorável.

Julgamento

No dia do julgamento, três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 decidirão se ratificam ou não a condenação de primeira instância do juiz Moro contra Lula, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O resultado tem três cenários possíveis: absolvição, condenação por 3 votos a 0 e condenação por 2 votos a 1.

Caso seja confirmada a condenação, o TRF-4 informou que a execução da pena de prisão só ocorrerá depois do julgamento de todos os recursos em segunda instância.

(Fonte: UOL)

 



COMENTÁRIOS mode_comment