zoom_out_map
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Temer pretendia se candidatar à presidência - Brasil |

Sexta-Feira, 19/05/2017, 10:01:49 - Atualizado em 19/05/2017, 10:40:39

A divulgação das delações premiadas do empresário Joesley Batista sobre o aval de Michel Temer para um esquema de compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha pode ter jogado por água abaixo os planos políticos futuros do presidnete. Isso porque, segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, Temer pretendia concorrer para a presidência nas eleições de 2018, mas mudou de ideia após a divulgação do escândalo.

Segundo a jornalista, Temer teria dito ter certeza de que chegaria ao segundo turno das eleições, durante uma conversa com pessoas próximas, dias antes da divulgação do conteúdo das delações. O presidente acreditava que, com a reforma da previdência, a economia iria acelerar no próximo ano, aumentando a popularidade de Temer, aumentando sua chances no pleito.

(Com informações da Folha de S. Paulo)


COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUE LENDO keyboard_arrow_down
CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down