zoom_out_map
(Foto: Divulgação)

Produtores agrícolas poderão renegociar dívidas

Quarta-Feira, 14/09/2016, 09:02:32 - Atualizado em 14/09/2016, 09:18:19

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem o texto da Medida Provisória 733/16, que prevê a repactuação de dívidas de operações de crédito rural de produtores rurais das regiões Norte e Nordeste do País. A inclusão de produtores das áreas de atuação da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) foi possível graças à emenda apresentada ao texto original da medida pela deputada federal Simone Morgado (PMDB-PA). O texto segue agora para análise do Plenário do Senado Federal.

NORTE

A emenda incluiu os produtores agrícolas com dívidas da região Norte no texto, que previa benefício à apenas produtores da Sudene. Com a inclusão, os produtores agrícolas do Norte também terão direito a liquidar e renegociar as suas dívidas de crédito rural. “O objetivo é permitir que os agricultores tenham tempo para melhorar sua condição financeira, sem terem suas dívidas enviadas para cobrança judicial”, explicou Simone.

No início de agosto, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho e Simone Morgado se reuniram com o relator da MP, deputado Júlio César para pedir apoio ao Norte.

MEDIDA IMPULSIONA O SETOR NA REGIÃO

O ministro Helder Barbalho comemorou a aprovação da Medida Provisória. Para Helder, não há como excluir os produtores da região Norte. “Nossa perspectiva é que a medida resgate os postos de trabalho perdidos, dando ao agricultor a possibilidade de voltar novamente a plantar” disse. A MP garante aos pequenos agricultores um abatimento de até 95% da dívida rural.

A expectativa é que, com sua aprovação, a medida impulsione o setor rural da região Nordeste e também da região Norte, uma vez que ela permitirá não só o pagamento das dívidas, como também a recuperação do crédito de milhares de produtores rurais.

(Luiza Mello/Diário do Pará)

EM ALTA

COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down