TÁ INDO BEM!

Márcio Fernandes é responsável pela boa fase do time azulino neste início de Série C

POSTADO EM: Quarta-Feira, 15/05/2019, 10:15:36
ATUALIZADO EM: 15/05/2019, 11:16:15

zoom_out_map
Maycon Nunes

Há tempos, o Clube do Remo não vivenciava tamanho clima de tranquilidade após resultados dentro de campo, especialmente no Campeonato Brasileiro da Série C. A invencibilidade na competição, com duas vitórias e um empate em três partidas realizadas até o momento, permite à equipe efetuar as suas funções nos treinamentos com leveza, sem cobranças exacerbadas, já que o os resultados estão a favor do time, que divide a liderança do grupo B ao lado do Volta Redonda-RJ, com sete pontos.

O mais interessante na campanha, é que os azulinos têm demonstrado competitividade nos compromissos, algo que os atletas do elenco atribuem ao técnico Márcio Fernandes. Seria ele, na visão dos jogadores, o principal responsável pela evolução significativa vista nos gramados.

Diante do Luverdense, em determinados momentos, os jogadores mantiveram a posse de bola pelo seu setor defensivo, girando o jogo, desestabilizando, assim, o adversário, que corria contra o tempo. A prioridade pelo controle da bola, algo que é pedido incessantemente pelo treinador, inclusive, fez com que o time criasse brechas e partisse no contra-ataque. No segundo tempo, com Alex Sandro, o Remo teve duas chances depois de envolver o LEC, mas ambas desperdiçadas. O mesmo ocorreu contra o Juventude, também fora de casa, e diante do Boa Esporte, único duelo como mandante na Terceirona até aqui.

Além disso, o meio-campo, que era a principal dor de cabeça do torcedor, aos poucos, tem engrenado. A marcação e saída de bola dos volantes ajudaram na compactação com o restante dos setores da equipe, permitindo a liberação dos alas e de Carlos Alberto, com frequência ao ataque. “É o que a gente busca. Sempre busquei levar isso para as minhas equipes: controlar os jogos, brigar pela bola e pelo toque de bola. Quando o time entende isso, fica mais fácil de buscarmos o resultado”, destacou Fernandes.

SETOR OFENSIVO

A bronca do time se limita, a priori, no setor ofensivo. Sem o cuidado no arremate final, o Remo deixou de construir placares mais volumosos ou até mesmo deixou a vitória escapar pela falta de capricho na finalização. No entanto, embora o ataque ainda precise melhorar, o tento marcado pelo centroavante Emerson Carioca fez com o comandante chegasse à sua quinta vitória à frente do comando técnico azulino, em 11 partidas. “Sem dúvida é um cara (Fernandes) que vai ajudar o Remo a conquistar os objetivos nessa temporada. Já trabalhei com ele e posso afirmar que é um cara que agrega no grupo e que vai nos ajudar a melhorar onde for para ser cada vez melhor em campo”, disse o meia-armador Zotti.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!

RETROSPECTO DE FERNANDES NO LEÃO:

Jogos: 11

Vitórias: 5

Empates: 5

Derrotas: 1

Gols pró: 9

Gols contra: 4

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment