PARAZÃO 2019

Remo faz de tudo para deixar boa impressão

POSTADO EM: Quinta-Feira, 31/01/2019, 10:41:08
ATUALIZADO EM: 31/01/2019, 10:41:08

zoom_out_map
Irene Almeida/Diário do Pará

Três dias de estrear em 2019 diante do seu torcedor, em Belém, a equipe de jogadores do Clube do Remo, assim como membros da comissão técnica, diretoria e presidência, aguardam ansiosamente o reencontro em campo. Os atletas, alias, são os que mais estão aflitos, já que a maioria dos profissionais do elenco atual terá pela primeira vez contato com a torcida na partida frente ao Tapajós, no estádio Mangueirão.

Contudo, a apreensão tem afetado igualmente os veteranos, como no caso do goleiro Vinícius, em sua terceira temporada no Leão. “É um jogo que vai dizer muito da nossa equipe e para a nossa torcida”, avaliou.

O Fenômeno Azul contará com um jogo recheado de detalhes para o final de semana. Os azulinos, atuais campeões do Parazão, enfrentarão o Boto, que ostenta o título da Segundinha 2018 e é cotado para ser uma das surpresas da competição. Ambas as equipes vieram de vitória na primeira rodada, dessa maneira, para o camisa 1 remista, o duelo tem tudo para animar quem estiver presente.

“Eles vêm com um time entrosado, conseguiram o acesso e uma vitória. A gente espera dificuldades, sim, mas vamos trabalhar para superar todas e se impor em casa, para fazer um jogo tranquilo, consciente e vencer”, planeja Vinícius.

RIVAL

O Tapajós será o segundo santareno no radar azulino nesse começo de 2019. Diante do São Raimundo, mesmo com as limitações técnicas apresentadas, o Remo não passou por nenhum susto. Vinícius não teve muito trabalho na meta. O goleiro destacou que, apesar do grau de dificuldade que os mandantes poderão ter, as coisas não deverão sair do controle. “A gente está preparado para tudo, mas o importante é que a equipe vem se comportando bem taticamente. É um time obediente. Vamos procurar ser competitivos, brigar pela bola e fazer um jogo seguro novamente. Ser mais agressivo”, reiterou.

Equipe azulina fará movimentação no Estádio Olímpico amanhã

Mangueirão liberado... por enquanto, para treino!

PREPARAÇÃO

Depois de nova ameaça de adiamento da partida contra o Tapajós, no estádio Mangueirão, os azulinos, finalmente, tiveram a confirmação da utilização da praça esportiva, mas para a movimentação no gramado local, amanhã pela manhã. Afinal, a ratificação do Olímpico paraense para ser palco do duelo entre o Remo e Tapajós, para domingo (3), ainda precisa do aval do Ministério Público, que deverá se posicionar hoje (leia mais na página 8).

Por não ter atuado ainda no Mangueirão, a necessidade de se ambientar é necessária, uma vez que a maioria dos jogadores do elenco irá atuar pela primeira vez no estádio. Entretanto, alguns novatos já estão cientes que poderão fazer bonito no local.

“O Mangueirão tem um gramado bom que dá para correr com a bola, fazer jogada de profundidade, que é uma das características do nosso time e isso vai nos ajudar muito”, destacou o atacante Gustavo Ramos.

Oficialmente, o Remo não atua em Belém desde agosto do ano passado, na sua despedida da Série C, ainda pela primeira fase da competição. O jogo que encerrou em 1 a 1 contra o Náutico, contou com um público superior a 20 mil presentes. “Essa energia faz falta e todos nós sabemos que ajuda”, disse o zagueiro Mimica.

Por falar em torcida, um dos reforços do Leão para essa temporada, o zagueiro Rafael Jensen, destacou a paixão do Fenômeno Azul. “Queremos jogar e dar um bom show para eles. Vai nos ajudar, sim, a presença da torcida, a correr em busca de nova vitória na competição”, avalia.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment