VOTO DE CONFIANÇA!

Emerson Carioca assumirá camisa 9 do Clube do Remo

POSTADO EM: Sábado, 19/01/2019, 09:10:18
ATUALIZADO EM: 19/01/2019, 09:10:18

zoom_out_map
Samara Miranda/Remo

O último amistoso azulino desta pré-temporada, amanha à tarde, contra o Izabelense, será determinante para a formação do time que será considerado titular do Clube do Remo para a sua esperada estreia no Campeonato Paraense, no próximo sábado (26), contra o São Raimundo, em Santarém. Apesar de misterioso, o treinador João Neto demonstra conclusões positivas em certas posições, como nas alas e no meio-campo. A dúvida paira mais à frente, no ataque, já que o setor conta com sete nomes - Henrique, Alex Sandro, Gustavo Ramos, Mário Sérgio, David Batista, Emerson Carioca e Wallace-, para duas vagas, já que o 4-4-2 é o sistema que tem despontado para a comissão técnica. E, apesar de contratações de peso, um reforço mais modesto poderá tomar a posição caso mantenha o faro: Emerson Carioca, jogador que vestirá a camisa 9 e que foi formalmente apresentado na tarde de ontem, ao lado do lateral-esquerdo Victor Luiz.

Para este ano, a diretoria de futebol azulina adotou a numeração fixa para atletas, para que não ocorram contratempos. Emerson Carioca usará a camisa do “artilheiro” e, mesmo com a concorrência com companheiros mais experientes, a expectativa é que a “9” caia bem, já que os números do jovem são melhores dentre todos os membros do ataque do Remo, em relação a 2018.

HISTÓRICO 

Ano passado, quando se consolidou como profissional, Emerson anotou oito gols em 12 jogos, mais que todos da posição e em menos oportunidades em campo. Além disso, Carioca já balançou as redes quatro vezes, desde que passou a vestir a camisa do novo clube.

Com características de mobilidade pelas beiradas, contudo, o treinador Netão tem usado o atleta mais centralizado, o que naturalmente fará como postulante imediato para o ofício ao lado de David Batista e Mário Sérgio. Para o técnico, é uma concorrência positiva. “São jogadores com estilos diferentes. Para o elenco, a gente visualiza de uma forma boa, porque dá alternativas para se encaixar, conforme queremos ditar o ritmo da partida”, disse.

Para Emerson Carioca, a briga será acirrada para todos, mas o foco é fazer diferença. “Estou treinando mais de centroavante, mas jogo pelos lados. Quero ajudar o Remo e fazer a minha parte como jogador”, adiantou o atacante.

COMPARATIVO

ATAQUE EM 2018

- Emerson Carioca: 12 jogos / 8 gols

- David Batista: 20 jogos / 6 gols

- Mário Sérgio: 24 jogos / 5 gols

- Alex Sandro: 31 jogos / 5 gols

- Gustavo Ramos: 28 jogos / 1 gol

- Henrique: 14 jogos / 3 gols

Novo contratado diz ter força, velocidade e técnica

CONFIANÇA

Último contratado para o plantel de jogadores do Clube do Remo neste primeiro semestre, o lateral-esquerdo Victor Luiz não se intimida com a disputa pela titularidade. O atleta, na sua apresentação de ontem, destacou que está em forma, graças ao trabalho no seu antigo clube, o Septemvri Sofia, da Bulgária.Dessa maneira, o jogador reitera plenas condições para brigar e atuar como titular pelo Remo. “A mesma questão que foi na Bulgária vai ser aqui. Ter que me adaptar com o clima, com o clube, com a cidade. Consegui conquistar minha titularidade jogando lá e aqui no Remo não vai ser diferente. Vou correr para isso, para conquistar a minha titularidade”, ponderou.“O último a chegar tem a responsabilidade maior, né? Vou treinar, fazer o meu melhor, como sempre fiz. Vou deixar a critério do professor decidir. É um grupo muito bom. Tenho força, velocidade e técnica para ajudar”, pontuou.

TREINO 

No treinamento de ontem, no estádio Baenão, o treinador João Nasser Neto realizou coletivo com os jogadores e com dois times distintos, bem como o sistema tático. A equipe que iniciou como “titular” foi totalmente distinta da qual o comandante havia lançado nos amistosos. No 4-3-3; o jogador apareceu como opção pela direita. O jogador que também ficou conhecido por atuar no meio-campo, especialmente como volante, destacou que sabe realizar a função. “Vamos ver, onde for para jogar irei com a mesma motivação para os jogos” adiantou.Assim como Djalma, outras peças aparecem no primeiro tempo do coletivo, como os atacantes Gustavo Ramos e David Batista, assim como Dedeco e Diogo Sodré no meio-campo. A configuração, ao que tudo indica, foi para alternância de situações, pois Netão deverá ratificar as escalações passadas para o amistoso de amanhã.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment