APÓS QUEDA

Mangueirão pode ser interditado e alterar jogo do Remo

POSTADO EM: Terça-Feira, 08/01/2019, 14:13:40
ATUALIZADO EM: 08/01/2019, 14:36:12

zoom_out_map
José Francisco

O incidente envolvendo a queda de parte do teto do estádio Olímpico do Pará Edgar Proença, o Mangueirão foi um dos assuntos discutidos entre a Secretária de Estado de Esporte e Lazer (SEEL) e a Federação Paraense de Futebol (FPF), nesta terça-feira (8).

No encontro, o assunto foi discutido entre o novo secretário, Arlindo Silva e a presidência da FPF, tendo à frente Adelcio Torres, Mauricio Bororó e Paulo Romano.

(SEEL E FPF estiveram reunidos para tratar do Campeonato Paraense e sobre o caso Mangueirão. Foto: Via Whatsapp)

 

“A audiência já estava marcada para falarmos do Parazão, mas coincindiu com o assunto envolvendo o Mangueirão e a FPF irá se posicionar após o laudo do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar. Nossa preocupação é com o Remo, que manda seus jogos no estádio”, explicou Mauricio Bororó, vice-presidente da FPF.

Segundo o dirigente, a SEEL pediu a vistoria com urgência das autoridades de segurança sobre as condições do estádio, que pode ter uma das partes do setor de arquibancadas interditado.

“Assim que o laudo for divulgado, a FPF irá se posicionar e ter providências sobre o jogo entre Remo X Tapajós”, disse.

A queda de parte do teto do estádio ocorreu na arquibancada de fundo do setor B e não está descartado a interdição do setor para o jogo de estreia do Remo no Parazão.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(Diego Beckman/DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment