CHEGOU, CHEGANDO

Clube do Remo: A camisa 10 já tem um forte candidato a dono

POSTADO EM: Sexta-Feira, 04/01/2019, 09:19:59
ATUALIZADO EM: 04/01/2019, 09:19:59

zoom_out_map
Fernando Araújo

Há duas temporadas, a diretoria de futebol do Clube do Remo tenta encontrar um meia-armador com características ofensivas e de organização do time. Mas a missão de encontrar esse camisa 10 falhou fervorosamente. No ano passado, por exemplo, o Leão contou com sete aspirantes para exercer a função: Adenilson, Andrey, Jefferson Recife, Rafael Bastos, Leandro Brasília, Everton e Rodriguinho. Somente este último agradou, mas já na reta final da Série C. Contudo, na sua apresentação oficial à imprensa, o meio-campista Wallacer afirmou possuir as características necessárias para assumir a criação do Remo em campo.

Com pinta de boleiro, o profissional demonstrou também possuir a ginga no discurso. “Eu sou um meia de qualidade, né? Que joga como um 10, uma excelente bola parada. Nos últimos anos dei muitas assistências, gosto de entrar na área para fazer gol que é importante para um meia. Sou um cara experiente e vou procurar ajudar, não tenho vaidade nenhuma e vim para somar. Sei a responsabilidade que é assumir a 10, ainda mais num clube tradicional e grande como é o Remo”, comentou.

Presente no acesso do Juventude-RS à Série B em 2016, quando a equipe conquistou a classificação fora de casa frente ao Fortaleza, além da façanha, os números do jogador nos anos anteriores também chamaram atenção. Foram 158 jogos em partidas oficiais desde 2014, especialmente com a camisa do Papagaio. Desse modo, com tamanha rodagem, Wallacer garante retribuir com a sua experiência nos objetivos do clube. “Tenho essa responsabilidade de representar um grande clube. Sei que a torcida é apaixonada e pode ter certeza que juntos vamos ser bastante fortes”, disse.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!

DJALMA, CURINGA DO BAENÃO

- Contratado por indicação direta do treinador João Nasser Neto, o meia Djalma, um dos valores da terra presente no atual plantel do Clube do Remo, almeja fazer valer a sua contratação. Embora meia de origem, nas últimas temporadas o profissional exerceu função mais defensiva, a de volante, devido à sua marcação pegada. Mas, nesse começo de atividade na sua nova casa, o profissional tentará emplacar em outra posição, a de ala, como tem sido utilizado por Netão.

- Para o jogador, contudo, o foco é fazer por onde para sempre estar entre os mais cotados do elenco, já com vistas ao amistoso preparatório deste domingo, contra o Castanhal. “Eu sou meia, mas me adaptei jogando de volante e de lateral. Mas onde o Netão precisar eu vou estar pronto para ajudar. Espero fazer o meu melhor para ajudar a equipe”, destacou.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment