PORTAS FECHADAS

O sonho acabou: volta de goleiro Emerson é vetada no Papão

POSTADO EM: Sexta-Feira, 07/12/2018, 07:42:58
ATUALIZADO EM: 07/12/2018, 07:48:19

zoom_out_map
Fernando Torres/Paysandu

Não passou de um balão de ensaio o retorno do goleiro Emerson ao elenco do Paysandu. Uma fonte de livre trânsito entre os dirigentes do clube assegurou, ontem, que o ídolo da Fiel não reúne as menores chances de retornar à Curuzu, onde reinou como titular absoluto do time por três temporadas (2015 a 2017). O atleta teria parte de seus salários bancados por um colaborador bicolor, se voltasse. Mas, segundo o informante, nem isso foi capaz de convencer a futura diretoria bicolor, que toma posse dia 7 de janeiro, a concordar com a volta do jogador, que esteve este ano no Joinville-SC.

Três aspectos, de acordo com a fonte, teriam levado a direção do Papão a não aceitar a integração do jogador ao elenco de 2019. A primeira delas foi a fraca campanha feita pelo ex-time do arqueiro na Série C do Brasileiro. O JEC encerrou sua participação no campeonato na lanterna do Grupo B da disputa, acumulando 12 derrotas em 18 partidas disputadas, algumas delas com a participação de Emerson. Outros aspectos que conspiraram contra a contratação do atleta, ainda segundo o informante, foram o histórico de lesões na região pubiana e a idade de 36 anos. “Tudo isso foi levado em conta pela diretoria para o descarte do Emerson”, ratificou. 

Com Emerson descartado, Renan Rocha praticamente já liberado e Marcão transferido para o Macaé-RJ, a direção do Papão já estaria correndo atrás não só de um, mas sim de dois atletas da posição para o plantel. Os nomes, assim como dos demais jogadores pretendidos, estão sendo guardados a sete chaves e só deverão ser divulgados por ocasião da apresentação do elenco, que deve acontecer até 5 de janeiro.

Aqui você vai encontrar materiais esportivos de todas as marcas. Camisas de grandes clubes nacionais e internacionais. Acesse e confira!

(Nildo Lima/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment