TIME PARA 2019

Clube do Remo quer misturar atletas jovens com outros mais experientes

POSTADO EM: Terça-Feira, 09/10/2018, 08:01:04
ATUALIZADO EM: 09/10/2018, 08:01:04

zoom_out_map
Samara Miranda/Remo

Não é de hoje que o departamento de futebol do Clube do Remo planeja formar uma base para o futebol profissional com vistas à próxima temporada. Na verdade, esse processo ocorre desde o dia 11 de agosto, data do último jogo da equipe pela Série C do Nacional. Duas renovações de contrato já foram feitas com Vinícius e Mimica, além do trabalho intenso em cima dos jogadores do sub-20 que, enfim, deverão ter mais espaço no profissional 2019. Mas, a nova metodologia de “garimpagem”, que iniciou na manhã de ontem, no estádio Baenão, chamou atenção: a readaptação de valores regionais experientes. Por isso, a comissão técnica azulina ao lado da gerencia de futebol irá conceder entrevista coletiva para falar sobre a iniciativa, na Toca do Leão.

Pouco tempo depois da eliminação precoce na Terceirona, e já com o respaldo da atual gestão e dos pré-candidatos ao pleito de novembro próximo, o treinador João Nasser Neto, o Netão, discorreu sobre como seria a sua forma de comandar o Leão, bem como os critérios de formação do plantel. O comandante foi enfático ao dizer que irá elaborar um time forte e com a média de idade baixa. Porém, a mesclagem de profissionais é necessária.

QUEM VEM POR AÍ

Com o gerente de futebol Ari Barros, o Remo terá uma espécie de “laboratório” com a readaptação de jogadores mais experientes, dentre os quais, o lateral-esquerdo Edinaldo, cria remista, que inclusive foi liberado pelo Vila Rica, equipe que disputa a Segundinha Estadual. Outros atletas conhecidos são os zagueiros Yan e Thiago Costa, ex-Remo e Paysandu respectivamente; e os jogadores que atuaram no amistoso diante da Tuna, no dia 29 de setembro passado, como os meio-campistas Andrezinho e João Neto, além do atacante João Leonardo. 

“É importante, sim, continuarmos com o trabalho para fazer do nosso time uma equipe preparada já nesse final de ano. É um caminho para descobrirmos talentos e deixar as coisas adiantadas para quem for assumir”, destacou Ari Barros, informando que a experiência irá ocorrer até o dia 26 deste mês.

FORMAÇÃO DO ELENCO

- Como o Clube do Remo passará por eleições presidenciais em novembro e, dessa maneira, somente a partir do resultado das urnas questões administrativas serão definidas, a atual gestão trabalha no aceleramento da montagem do elenco para 2019. 
- Por isso, desde ontem, a comissão técnica azulina ao lado do gerente de futebol Ari Barros iniciou um período de avaliações com determinados jogadores. 
- O processo vai desde peneiradas com jovens valores até a presença de atletas experientes.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment