SERÁ?

Clube do Remo poderá ter marca própria a partir de 2019

POSTADO EM: Segunda-Feira, 01/10/2018, 17:20:10
ATUALIZADO EM: 01/10/2018, 17:43:02

zoom_out_map
Divulgação / Remo

Para a temporada 2019, o Clube do Remo poderá apresentar novidades. Uma delas pode ser a marca própria dos azulinos.

Segundo o dirigente azulino Rafael Dahás, o assunto já foi tratado com o presidente Manoel Ribeiro e formas já estão sendo tratadas para que o clube tenha sua própria marca e conseguir ter uma boa captação de recursos.

“Entregamos este projeto ao presidente para que esta alternativa seja mais sólida no ano que vem, pois o Remo já possui amparo logístico. Vamos trabalhar dentro das ideias comerciais, em termos de arrecadação”, disse Dahás.

O dirigente irá viajar nesta semana para se reunir com a Topper, atual empresa de material esportivo do clube, com quem o Remo tem contrato até 2019 para tratar do assunto.

MARCAS PRÓPRIAS

Se a proposta se concretizar, o Remo seguirá o mesmo trajeto que o Paysandu fez em 2016, com a criação da marca 'Lobo'. Outros times brasileiros que possuem marcas próprias são
o Juventude-RS, com '19Treze'; Fortaleza-CE, com 'Leão 1918'; Joinville-SC, com a 'Octo'; Santa Cruz-PE, com a 'Cobra Coral'; Treze-PB com 'Areno'; Caxias do Sul-RS, com a 'Bravo 35'; CSA-AL com a 'Azulão'; Sampaio Corrêa com a 'Tubarão' e o Coritiba, com 1909.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(Diego Beckman/DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment