ATÉ QUANDO?

Sujeira e insegurança viram rotina de moradores após jogos do Paysandu

POSTADO EM: Sábado, 28/07/2018, 11:27:43
ATUALIZADO EM: 28/07/2018, 13:22:46

zoom_out_map
Via WhatsApp

Virou rotina no bairro de São Brás: após as partidas do Paysandu as ruas ficam tomadas de lixo. Ao redor do estádio da Curuzu, localizado na Avenida Almirante Barroso, entre as travessas do Chaco e da Curuzu, é possível encontrar dezenas de lixo até no outro dia seguido as partidas do time alviceleste. O mesmo ocorre após partidas no estádio do Mangueirão, seja do Clube do Remo ou do Papão.

Moradores e pedestres que trafegam nas vias em questão e até em vias próximas, se deparam com estas imagens.  Neste sábado (28), um dia após a partida, um internauta fez uma denúncia ao DOL. Com fotos, ele mostrou como estava as ruas em decorrência da partida entre Paysandu e Figueirense. Plásticos, papeis, latas de alumínio e garrafas de plásticos, as ruas estavam tomadas de lixo.

Mas não é apenas isso: ele ainda que é morado da área, questiona a falta de segurança no local, que piora em dias de jogos. “Esse tipo de atitude vem crescendo cada vez mais a cada jogo. Eles colocam um som alto depois das 22 horas incomodando todos na vizinhança, já ouvi falar em venda de drogas. Alguém tem que tomar uma providência, as autoridades precisam ver isso”, questionou.

RESPOSTAS

O Paysandu informou que “a segurança externa ao estádio da Curuzu, bem como nas vias próximas são de responsabilidade da Polícia Militar do estado do Pará, cabe a ela fiscalizar e combater as ilegalidades”. “Com base no problema relatado na reportagem, o clube irá requerer ao comando da Polícia Militar uma atenção maior na travessa do Chaco, em especial no trecho citado”, acrescentou.

O clube ainda destaca que em “relação a limpeza nas áreas externas ao estádio, a responsabilidade é integralmente da Prefeitura de Belém”. Ou seja, se limita apenas por questões externas, que ocorrem dentro do seu patrimônio, a sujeira e insegurança nos entornos em decorrência dos seus torcedores não é de responsabilidade deles. 

Em nota, o Papão diz que mantém algumas ações voltadas ao meio ambiente, com parcerias firmadas com associações de catadores de lixos. E mais uma vez vale destacar, que na iminência da falta de limpeza pelo clube, eles esperam que esses profissionais as façam. E os moradores precisam esperar o outro dia para ter de volta uma via limpa.

Em nota, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) informou que concluiu a limpeza do entorno do Estádio da Curuzú hoje pela manhã.  

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment