TUDO INDEFINIDO

Contra o líder, Paysandu tem que ter precisão cirúrgica!

POSTADO EM: Quinta-Feira, 28/06/2018, 07:24:33
ATUALIZADO EM: 28/06/2018, 07:29:17

zoom_out_map
Fernando Torres/Paysandu

O técnico Dado Cavalcanti começou a esboçar, ontem pela manhã, a equipe do Paysandu para encarar o líder da Série B do Brasileiro, o Fortaleza-CE, no próximo sábado (30). E o local escolhido pelo treinador para a realização do treino não poderia ser mais apropriado: o Mangueirão, palco da partida da 13ª rodada da competição nacional. A principal dor de cabeça de Dado deve estar sendo a escolha do substituto do volante Nando Carandina, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, assim como o zagueiro Diego Ivo. O caso deste último, porém, não chega a ser motivo de grande preocupação para o comandante bicolor.

Dado tem em tese duas opções para recompor o setor de meio de campo: o esquecido Willyan e o paraguaio Cáceres, que não inspira grande confiança no torcedor, mas que parece o mais cotado para atuar ao lado do outro volante do time, Renato Augusto. Willyan, que começou a temporada como titular, sendo apontado como uma grande promessa revelada pela base do clube, de repente, sem grandes explicações, acabou sendo deixado de lado pelo treinador. Assim sendo, o volante está sem ritmo de jogo e, nesta condição, dificilmente será lembrado para o começo da partida.

Outra opção para substituir Carandina seria Lucas Giovanni, jogador saído também da base, mas este tem pouca rodagem para entrar no fogo de um jogo como o do final de semana. Por outro lado, para o miolo de zaga, substituindo Diego Ivo, as opções do treinador são bem maiores e, o mais importante, todos os atletas estão com boa sequência de jogos, exceto Fernando Timbó. Os outros dois são Perema, que já está praticamente recuperado das dores que sentia no pé direito, e Douglas Mendes, que também vem de uma lesão, mas já treina normalmente com os companheiros, podendo ser o companheiro de Edimar na zaga.

O treino ocorreu de portões fechados ao público e à imprensa. Mas as informações passadas pela assessoria do clube dão conta de que o atacante Cassiano, treinou normalmente, existindo, porém, a dúvida se ele entra jogando ou fica no banco para o decorrer da partida. 

BAIXAS NO RIVAL 

O adversário bicolor vem a Belém sem seis titulares, mas isso, na opinião de Timbó, não significa que o líder da Série B esteja fragilizado para a partida. “Acredito que o prejuízo seja grande, mas, com certeza, do mesmo jeito que aqui no Paysandu, eles devem ter outros bons jogadores para suprir a ausência desses que não podem jogar”, comentou o zagueiro.

PSC X FORTALEZA 

As duas equipes se enfrentam às 20h30 deste sábado (30), no Mangueirão, em Belém, pela 13ª rodada da Série B.

(Nildo Lima/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment