MORAL

Meio-campista foi apresentado oficialmente pelo Remo e chega como indicação de Giva

POSTADO EM: Sexta-Feira, 13/04/2018, 08:06:13
ATUALIZADO EM: 13/04/2018, 08:19:42

zoom_out_map
Ney Marcondes

Aos poucos, a versão 2.0 do Clube do Remo para 2018 tem ganhado forma. Depois da apresentação dos jogadores Dedeco e Moisés, destaques do Paraense por Castanhal e São Raimundo, respectivamente, na tarde de ontem, a agremiação apresentou a sua terceira contratação para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. Trata-se do meio-campista Everton, de 33 anos. O atleta chega ao Leão transferido do Novorizontino-SP, para reforçar a meia cancha da equipe, setor mais carente dos remistas. 

Veja imagens do treino do Remo

Treinando com o restante do grupo desde a última terça-feira, o profissional diz conhecer a grandeza da sua nova equipe e, por isso, estipulou três metas importantes para o restante da temporada. “É um clube de massa, né? Sei como é jogar assim, disputei três temporadas no Fortaleza e conheço. Venho com a hospitalidade de disputar com um clube que foi campeão paraense em cima do arquirrival. Eu botei três metas antes de chegar: primeiramente a classificação, segundo o acesso e o terceiro o campeonato, ser campeão. É me juntar a um clube que já foi campeão e somar”, ratificou o atleta.

Assim como os companheiros da primeira remessa de reforços, Everton passou por um “crivo” de avaliações antes de fechar com o Remo. Contudo, o jogador foi uma indicação direta do treinador Givanildo Oliveira, algo que para o próprio é um motivo a mais para mostrar serviço diante de um dos treinadores mais vencedores do País.

“Todos sabem, né? É o Rei do Acesso. Todos falam que é um excelente profissional, fico feliz. Vamos esperar se Deus quiser mais um acesso na carreira dele e também na nossa”, disse sobre Giva.

PERFIL

Everton é meio-campista de origem, porém, exerce função pela beirada dos campos. Além de ponta, o atleta já atuou como lateral-esquerdo. Na sua última passagem pelo Fortaleza, no ano passado, o jogador atuou na campanha do acesso como ponta, ao lado de Adenilson, que exercia o mesmo papel de hoje no Leão, o de armador.

De acordo com o atleta, o intuito é ser peça atuante e produtiva em campo. “No Fortaleza eu e o Adenilson jogávamos junto. Eu jogava mais pelas pontas e ele pelo meio. Deu certo e aqui espero que dê certo também. Estou disposto a jogar, respeitando os jogadores que foram campeões, na minha posição ou onde for preciso. Venho com esse objetivo para cá, para ajudar o Remo a subir e a conquistar títulos”, pontuou Everton.

DOBRADINHA

- Único profissional a ter jogado com Everton no atual elenco do Clube do Remo, o também meio-campista Adenilson, disse que o companheiro tem artifícios positivos para ajudar o Leão com os seus objetivos. Dois atletas importantes no acesso à Série B pelo Fortaleza em 2017, o camisa 10 remista destacou que o entrosamento poderá ser uma arma importante, sobretudo no começo do Nacional. 

- “É um bom jogador, jogamos no Fortaleza. Tem uma experiência no Cruzeiro e de acessos que pode nos ajudar muito. Sem dúvidas chega para somar e fazer o nosso time ficar mais forte. Ele faz bem o papel pelas pontas e, se o professor optar por ele comigo ou com outros, acredito que as coisas vão dar certo, porque o nosso grupo está motivado com o objetivo do acesso”, adiantou Adenilson

PERFIL DO JOGADOR - EVERTON

Nome: Francisco Everton de Almeida Andrade
Idade: 33 anos
Altura: 1m71
Naturalidade: cearense
Clubes na carreira: Maranguape-CE; Maracanã-CE; Ferroviário-CE; Trairiense-CE. Grêmio Barueri-SP; Fluminense-RJ; Cruzeiro-MG; Criciúma-SC; Joinville-SC; Figueirense-SC; Fortaleza e Novorizontino-SP.
Conquistas: campeão brasileiro Serie A 2013 e campeão mineiro 2011 (Cruzeiro); campeão brasileiro Série B 2014 (Joinville); campeão cearense 2015/2016 (Fortaleza)

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment