EXCLUSIVO!

Presidente do CSA diz que Walter só aguarda liberação para assinar com clube alagoano

POSTADO EM: Segunda-Feira, 09/04/2018, 10:54:06
ATUALIZADO EM: 09/04/2018, 15:15:43

zoom_out_map
Maycon Nunes/Diário do Pará

Depois de uma trajetória sem efetividade no Campeonato Paraense, em que marcou apenas uma vez em jogo que servia apenas para cumprir tabela (contra o Paragominas, pela última rodada da fase de classificação), o atacante Walter deve se desligar no Paysandu em breve.

Em entrevista exclusiva ao DOL, Rafael Tenório, presidente do o CSA, de Maceió-AL, confirmou que o clube alagoano já está acertando com o atacante. "Já tivemos uma conversa semana passada com o empresário do Walter. Ele te m interesse em vir jogar aqui, só estamos aguardando ele resolver sua situação com o Paysandu", declarou.

O interesse do CSA já havia sido anunciando com exclusividade pelo DOL no mês de março, mas os clubes envolvidos preferiram não comentar o assunto.

Ainda de acordo com Tenório, o principal motivo da ida de Walter para o campeão da Série C em 2017 e Campeão Alagoano deste ano é a vontade de sua esposa. "Ele tem um carinho muito grande pelo clube (Paysandu), mas sua esposa não se adaptou aí a Belém, por isso o empresário dele ofereceu o jogador", se referindo ao ex-atleta Ricardo Scheidt, o mesmo que trouxe Ryan Williams e Fernando Timbó ao Papão.

A contratação, então, agora é uma questão de tempo. Mesmo assim, não é novidade. "Sou amigo do Tony(Couceiro, presidente bicolor) e quando houve o contato do empresário dele (do Walter), conversei logo com ele há cerca de um mês, falando do interesse do atleta em vir pra cá", afirmou Rafael. Depois disto, no entanto, não houve mais nenhuma conversa das direções sobre a contratação de Walter.

Além da semelhança e proximidade de Maceió-AL com Recife-PE, sua cidade natal, outro motivo que conta para a ida de Walter para o CSA é o comando de Marcelo Cabo, que foi seu técnico no Atlético Goianiense.

Fora antes da decisão na Copa Verde?

Walter, que marcou duas vezes na Copa Verde, seria o primeiro de uma possível "lista" de atletas que devem deixar o Paysandu nos próximos dias, principalmente se o clube não conseguir a classificação para a final da competição;

Na quarta-feira (11), o Bicolor tentará segurar a pequena vantagem que possui após vitória por 2 a 1 diante do Manaus-AM, na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

(Enderson Oliveira/DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment