GOLEIRO EMERSON

Ídolo bicolor foge de tiroteio, presencia mortes e tem carro roubado

POSTADO EM: Quarta-Feira, 07/02/2018, 08:58:43
ATUALIZADO EM: 07/02/2018, 09:17:15

zoom_out_map
Fernando Torres/Paysandu

O jogador Emerson, ex-goleiro do Paysandu, passou por momentos de terror na manhã de terça-feira (06), durante tentativa de assalto que ocorreu a um comboio de cinco carros fortes na BR-376, a 100 km de Curitiba-PR. Até a manhã desta quarta-feira (07), o seu carro ainda não foi encontrado. Além do veículo, os documentos e o matéria de trabalho do goleiro foram levados.

O jogador, que mora em Londrina-PR, estava indo à Joinville-SC para fechar contrato com o clube catarinense, quando se deparou com os tiros. Ao todo, três pessoas morreram, entre elas dois bandidos, e outras quatro ficaram feridas na rodovia. No momento, Emerson está em Curitiba-PR, na casa de uma sobrinha.

"Ele disse que viu o tiroteio e tentou dar a ré para pegar uma estrada de terra. Mas tinha uma porteira impedindo a passagem. Então ele saiu do carro e se jogou no chão. Neste momento, os bandidos vieram e pegaram o carro", conta a esposa Elaine Conceição ao portal Gazeta do Povo.

"Ele está bem e não foi ferido, graças a Deus. Eu fiquei sabendo do assalto por um bombeiro que mora no nosso condomínio [em Londrina] e também estava viajando para Curitiba. Ele que encontrou com o Emerson logo após o tiroteio e entrou em contato com a família. Mas já fiquei sabendo que os bandidos abandonaram o carro e ele foi achado. Só não sabemos o estado", acrescentou a esposa.

O casal tem três filhos e Eliane está grávida de cinco meses.

Nos últimos três anos, Emerson jogou pelo Papão e segue em negociação com o Joinville-SC

(Com informações do Gazeta do Povo)



COMENTÁRIOS mode_comment