SEM MIMIMI

Remo deixa derrota para Manaus de lado e foca na Copa do Brasil

POSTADO EM: Sábado, 03/02/2018, 08:53:51
ATUALIZADO EM: 03/02/2018, 09:07:40

zoom_out_map
Maycon Nunes

Clima fúnebre pós-derrota na estreia da Copa Verde? Que nada. Na reapresentação da equipe em Belém, na tarde de ontem, os jogadores e comissão técnica do Clube do Remo trataram o péssimo resultado no jogo de ida do interestadual como passado, para seguir firme para o seu próximo confronto, dessa vez, contra o Atlético-ES, pela Copa do Brasil, no dia 7, fora de casa. Inclusive, o revés para o Manaus-AM, como pontuou o treinador Ney da Matta, serviu como aprendizado para o grupo. E a derrota precisa ser analisada dessa forma, pois, em caso de mais um deslize azulino, as coisas tendem a piorar pelos lados do Baenão.

Antes da movimentação, os diretores da agremiação se reuniram com o treinador para lembrar do planejamento em torno das vitórias. Dessa maneira, com a cobrança dos dirigentes, assim como da torcida, os profissionais vão bastante pressionados para o seu próximo confronto de estreia na Copa BR. 

Para Ney da Matta, porém, essa é uma das responsabilidades em assumir uma equipe de massa. “Essa é a diferença de uma equipe grande. As cobranças virão de todos os lados. E isso é importante para buscarmos sempre evoluir. Estamos no caminho, e sabemos que o trabalho está sendo feito”, disse.

TROCA DE PEÇAS

Ainda na Arena da Amazônia, Ney da Matta destacou a fadiga como ponto negativo para o desempenho ruim do Remo. Contudo, o comandante também reiterou algumas atuações individuais abaixo do esperado, o que fará com que o jogador faça algumas mexidas no time titular. 

“Essa é uma situação que será resolvida internamente. Não tem por que a gente vir a público falar sem antes sentar para ajustar. Nós sabemos o nosso papel. Talvez mude, mas precisamos ainda analisar. Esse tempo extra irá nos ajudar nas decisões”, esclareceu Ney da Matta.

(Matheus Miranda)



COMENTÁRIOS mode_comment