À DISPOSIÇÃO

Moisés afirma que está pronto para jogar

POSTADO EM: Quinta-Feira, 11/01/2018, 09:12:15
ATUALIZADO EM: 11/01/2018, 09:12:15

zoom_out_map
Fernando Torres/Paysandu

Embora não esteja em sua plenitude física, situação natural para quem está voltando de férias, quando há um relaxamento natural, o atacante Moisés, ex-Vila Nova-GO, afirmou, ontem, que está à disposição do técnico Marquinhos Santos para estrear com a camisa do Paysandu, na primeira rodada do Parazão 2018, quarta-feira (17), contra o Parauapebas, na Curuzu. “É claro que fisicamente não estou 100%, pois fiquei uma semana parado, mas dá pra jogar sim. Se o professor Marquinhos quiser contar comigo, com certeza estarei à disposição dele”, comentou o jogador, que explicou, também, a demora na vinda para o Papão.

“Com o Paysandu já estava tudo certo há um mês, mas existia a questão contratual com o meu ex-clube. O Vila dificultou um pouco, já que era preciso dar uma justificativa para a torcida depois que fiquei tanto tempo no clube. Mas finalmente tudo foi resolvido”, contou. Moisés afirmou saber bem o que é jogar no estádio bicolor, com o apoio da Fiel. “Sempre que joguei aqui na Curuzu foi muito difícil. Sei da força do Paysandu aqui dentro, com a torcida empurrando. Então, agora, vestindo essa camisa, espero fazer um grande ano”, declarou.

O fato de o Papão ser um clube de massa, com a torcida cobrando bastante não causa estranheza ao novo atacante bicolor. “Quando se aceita o desafio de jogar num clube de uma força enorme como é o Paysandu, você vem sabendo da responsabilidade. Gosto desses desafios”, garantiu. “Sou um jogador muito rápido em me identificar com a torcida”, emendou Moisés, que era ídolo da torcida do Vila, no qual era um dos maiores salários do elenco do clube.

(Nildo Lima/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment