SÉRIE B

Final: Paysandu 0 x 0 CRB-AL

POSTADO EM: Sexta-Feira, 13/10/2017, 08:19:18
ATUALIZADO EM: 13/10/2017, 21:22:32

LANCE A LANCE:

 

 

FICHA TÉCNICA:

Paysandu: Emerson; Lucas Taylor, Perema, Diego Ivo e Guilherme (Perí); Renato Augusto; Nando Carandina; R.Andrade (Wellington Jr) e Fábio; Marcão (Caion) e Bergson

CRB: Edson; Ratinho (Tinga), Flávio, Adalberto e Diego; Olívio, Adriano, Danilo e Toni; Chico (Pedro) e Zé Carlos (Neto Baiano)

Estádio: Curuzu, Belém (PA)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Eduardo de Souza Couto

PRÉ-JOGO:

Embora o adversário, o CRB-AL, carregue a alcunha de Galo, o Paysandu quer mostrar que no “terreiro” da Curuzu quem canta alto mesmo é o Lobo, hoje, a partir das 19h15, quando as equipes se confrontam pela 29ª rodada da Série B do Brasileiro. Com prenúncio de casa cheia, que deve se transformar em um “caldeirão” assim que a bola rolar, o Papão que ver a Fiel jogando com o time a cada toque de bola, fazendo com que o visitante, intimidado pela pressão das arquibancadas, não consiga colocar suas esporas de fora. A partida, teoricamente, vale três pontos, visto o retrato da classificação do campeonato.

 O Lobo, que se mostrava cabisbaixo após a derrota frente ao Juventude-RS, motivo de protesto dos torcedores, recuperou as forças ao bater o Boa Esporte-MG, por 2 a 1, de virada, em Varginha. E, agora, embalado pelo resultado, que o levou à 12ª colocação, com 36 pontos, apenas um a menos que o visitante, 13º colocado, encara como o “jogo dos 3 pontos” e não abre mão de se afastar ainda mais do “grupo da morte”, onde estão os 4 últimos colocados no campeonato e que estariam rebaixados, caso a disputa tivesse chegado ao fim na rodada passada.

 SITUAÇÃO DO DUELO

 Vencendo, o Paysandu poderá dar um salto de pelo menos 3 casas na classificação, chegando à 9ª posição, ocupada até o começo da rodada pelo Brasil-RS, que soma 37 pontos. Já o Galo, caso consiga cantar em pleno o “terreiro bicolor”, chegará a 38 pontos, reunindo as mesmas chances do adversário. Mas, além da vitória, os combatentes precisam torcer por uma composição de resultados nos jogos de Londrina-PR e Boa Esporte, contra Juventude-RS e ABC-RN, respectivamente, já que o Brasil estreou na rodada, na segunda-feira (9), caindo frente ao Inter-RS, por 1 a 0.

 INCENTIVO

 Para ter o torcedor em grande número ao lado do time, a diretoria do Papão manteve os preços de R$ 20 e R$ 40 para os bilhetes de arquibancada e cadeira, respectivamente, o que só aumentou o estímulo da Fiel para lotar o estádio e empurrar a equipe para a sua 11ª vitória no certame.

 Papão encara seu ex-técnico, Mazola Júnior

 O técnico Mazola Júnior, está de volta à Curuzu, hoje, no papel de treinador do CRB. O ex-treinador bicolor, que esteve no estádio por duas vezes em 2014, enfrentará a sua ex-equipe pela quarta vez no comando do Galo de Alagoas. Todos os jogos pela Série B do Brasileiro. O retrospecto aponta duas vitórias do Papão, contra uma do visitante de hoje, com um dos confrontos terminado empatado. Antes, em 2012, em duas partidas pela Copa do Brasil, com Mazola no comando do Sport-PE, o treinador sofreu duas derrotas.

 Para hoje, questionado sobre eventuais mudanças na formação alvirrubra, Mazola tratou de desconversar. “A gente tem um grupo com qualidade para substituir os jogadores (em caso de suspensão) e, neste momento, acredito que a gente está um patamar atlético e psicológico aceitável para que tenha o grupo todo à disposição”, diz.

O Galo só deve ser anunciado minutos antes da partida. Mas, de acordo com a imprensa alagoana, não deve diferenciar muito da composição que derrotou o “saco de pancadas” ABC-RN.

PSC x Mazola Júnior

Copa do Brasil 2012

Paysandu 2 x 1 Sport-PE
Sport-PE 1 x 4 Paysandu

Série B do Brasileiro 

]2015: CRB-AL 3 x 0 Paysandu,
Paysandu 5 x 1 CRB-AL

2016: Paysandu 2 x 2 CRB-AL,
CRB-AL 0 x 1 Paysandu


(Nildo Lima/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment