FERIADO COM O PAPÃO

Paysandu abre as portas para a fiel no treino desta quinta

POSTADO EM: Quinta-Feira, 12/10/2017, 08:27:14
ATUALIZADO EM: 12/10/2017, 08:27:14

zoom_out_map
Octávio Cardoso

Numa manhã que promete ser das mais movimentadas, o Paysandu abre os portões da Curuzu hoje, após pouco mais de dois meses da última vez que isso ocorreu. Isso para que o torcedor possa assistir ao último treino do time, com vistas ao jogo de amanhã, contra o CRB-AL, pela 29ª rodada da Série B do Brasileiro. Com o feriado de hoje, em homenagem à Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil, e dia dedicado às crianças, a direção de responsabilidade social do clube, tendo à frente a diretora Ieda Almeida, elaborou uma programação, com diversas atividades a partir das 8h30.

O programa, conforme adiantou, ontem, Ieda, terá como prioridade os torcedores mirins do clube que estejam filiados ao programa Lobinho da Curuzu, uma das modalidades dos planos do projeto Sócio Bicolor, que congrega torcedores do clube. “Entre as atividades, teremos a presença da mascote do clube, além da participação das bicolindas e distribuição de lanches para a garotada”, informa a dirigente. Os torcedores mirins também vão poder tirar fotos com os atletas do clube.

ENTRADA LIBERADA

Embora a programação tenha foco na garotada, qualquer torcedor poderá comparecer ao estádio com livre acesso às arquibancadas, diferente de outros dias, quando nem os sócios do clube ou agregados do Sócio Bicolor podem ingressar no local. A diretoria do Papão espera aproximar mais o torcedor do time, já com vistas ao confronto contra o CRB, partida considerada como de 6 pontos, visto que Paysandu (12º colocado) e o time alagoano (13º) estão separados na classificação da Série B por apenas um ponto - 36 a 35.

BERGSON JÁ CONTABILIZA 21 GOLS

Com o gol que marcou, cobrando pênalti, na vitória, por 2 a 1, diante do Boa Esporte-MG, na última sexta-feira (6), o atacante Bergson chegou a marca de 21 gols na temporada com a camisa do Paysandu. O artilheiro supera a marca obtida pelo ex-atacante do clube, Lima, que esteve na Curuzu em 2014, chegando a 20 gols. 

Como o Papão ainda tem dez jogos oficiais a fazer pela Série B do Brasileiro, no qual Bergson já marcou 9 vezes, ele provavelmente, aumentará a distância de Lima. A luta de Bergson, agora, é para superar Rafael Oliveira, que, em 2011, balançou a rede por 27 vezes.

O bom desempenho do camisa 30 do Papão, já desperta o interesse da direção bicolor em mantê-lo na Curuzu para 2018. Bergson, pelos planos da direção de futebol do Papão, deverá ser o primeiro a ser chamado para tratar da renovação de contrato com o clube. O jogador, no entanto, revela que até aqui não tratou do assunto. “Por enquanto o foco é na reta final do campeonato e a na nossa permanência na Série B. Não tem outro assunto em que eu esteja pensando neste momento”, diz.

ASSUNTO PARA O FUTURO

O atacante, que chegou a ter sua ida para a Chapecoense-SC especulada, mas não confirmada pela direção do clube catarinense, afirma que sequer chegou a levantar a possibilidade de continuar na Curuzu no ano que vem. “Ainda nem toquei nesse assunto. Desde que cheguei aqui disse que iria me concentrar em jogo a jogo”, assegura. Mas isso não impede que, após o jogo de amanhã, contra o CRB-AL, o assunto seja colocado em pauta.

(Nildo Lima)



COMENTÁRIOS mode_comment