NOVO PROTESTO

Grupo de torcedores faz barulho na frente da sede do Clube do Remo

POSTADO EM: Quarta-Feira, 11/10/2017, 08:42:02
ATUALIZADO EM: 11/10/2017, 08:42:02

zoom_out_map
Antônio Melo

Se dentro da sede do Clube do Remo o clima estava bastante desconfortável, em frente ao local, os ânimos estavam ainda piores. Como havia sido prometido, um grupo de torcedores remistas aproveitou a data da reunião entre o Condel e os grandes conselheiros do clube para, novamente, protestar contra a atual administração do clube. Tendo como alvo principal o presidente Manoel Ribeiro, os torcedores pediam para todos participantes do encontro que iam adentrando ao local para “não aliviarem” o marechal. Gritando em coro “Fora, Manoel”, em certos momentos, os manifestantes conseguiam até atrapalhar o andamento do debate interno.

Para o torcedor e funcionário público, Antônio Carlos Simões, o Remo precisa se livrar urgentemente dos ditos salvadores. “O que vem acontecendo no Remo é uma dança das cadeiras. Um ano um assume, noutro vira dirigente. A realidade é que todos querem se aproveitar do clube. Nenhum deles merece ocupar nenhuma cadeira aqui”, esbravejou o azulino. Com o intuito de servir como pressão para a reprovação da contabilidade do Conselho Diretor (Codir), o ato dos torcedores, no entanto, não surtiu efeito, já que, no próximo dia 30, a tendência é que parecer técnico seja aprovado, caso a votação seja mesmo realizada.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment