PAGAMENTOS ATRASADOS

"Passamos o Círio sem dinheiro", diz funcionário do Paysandu. Clube nega

POSTADO EM: Terça-Feira, 10/10/2017, 21:16:38
ATUALIZADO EM: 10/10/2017, 21:34:00

zoom_out_map
Divulgação

O Paysandu está com dificuldades para honrar compromissos com funcionários. Foi o que informou um dos colabores do Clube, que procurou a reportagem do DOL para reclamar de uma série de atrasos que, segundo ele, estão ocorrendo desde fevereiro deste ano.

“Os funcionários não receberam ainda, só os jogadores receberam. Passamos o Círio sem dinheiro. Desde fevereiro desse ano que os salários atrasam 10, 15 dias, todos os meses. Ninguém da diretoria se pronuncia a respeito”, alegou.

O trabalhador bicolor, que não quis se identificar, ainda contou que fontes internas na Curuzu informam que o 13º salário terá atraso. “A gente está com medo de um atraso no décimo (13º salário). Funcionário sai de férias e recebe só no mês seguinte. O Paysandu já tem uma dívida trabalhista grande. Nós trabalhamos com paixão, mas as dívidas lá fora não querem saber”, lamentou o funcionário.

A reportagem do DOL entrou em contato com o Paysandu para saber a respeito da denúncia. O clube alviceleste se manifestou e alegou cumprir as obrigações com o quadro de funcionários.

“O Paysandu Sport Club tem cumprido rigorosamente suas obrigações salariais com os seus funcionários”, limitou-se a informar o clube.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment