DESTAQUES

Técnico do sub-20 e aposta em 5 jovens promessas para subir aos profissionais em 2018

POSTADO EM: Sábado, 07/10/2017, 12:24:17
ATUALIZADO EM: 07/10/2017, 13:00:01

zoom_out_map
Mauro Ângelo

A base do Clube do Remo, desde sempre, é um dos assuntos que mais geram debates dentro da instituição. Seja pela revelação de novos jogadores para a utilização no elenco profissional ou pelas vendas para poder gerar lucro aos cofres azulinos.

Com o exemplo da atual temporada, quando boa parte do grupo formado para a Série C, principal competição do time, veio de fora e não deu conta do recado, a expectativa para a inclusão da molecada ainda na pré-temporada deste ano é alta. E, conforme o esboço feito pela nova diretoria de futebol (a se confirmar sua continuidade), esse será um dos principais tópicos do planejamento.

Desse modo, com o começo do Campeonato Paraense sub-20, o certame é encarado como preparação para dois pontos fundamentais no futuro das jovens promessas: a Copa São Paulo de 2018 e o futebol profissional do mesmo ano. Sendo assim, de acordo com o treinador da categoria, Raimundo Pereira dos Santos, que vem sendo o responsável pelas crias azulinas desde fevereiro, a base do Leão está preparada para fazer bonito em tudo que estiver ao seu alcance.

“Nós mantemos o mesmo grupo que participou do Paraense sub-17, para que o entrosamento dos atletas continuasse e que fossem se adaptando às novas táticas. Estamos formando um grupo extremamente competente e com objetivos traçados desde o começo do ano. Todos eles têm um sonho de se profissionalizar e essa vontade tem dado ânimo para todos”, destacou o comandante.

Revelando ao menos dois jogadores por ano, que, embora não sejam tão utilizados no elenco profissional, Raimundo acredita que cerca de 5 jogadores, apesar da pouca idade, já estão aptos para subirem ao time principal.

“A base do Remo, hoje, é a melhor base do Estado. Não falamos isso à toa, nos últimos anos nós fomos o clube que mais revelou e exportou jogadores. Nesse ano, por exemplo, realizamos trabalhos que amadureceram nossos atletas de forma rápida e consistente. Temos em nosso grupo jogadores muito habilidosos que, sem dúvida, já dão conta do recado”, afirmou Raimundo.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment