zoom_out_map
(Foto: Marcelo Lelis)

Remo treina esquema especial e ofensivo

Quarta-Feira, 19/04/2017, 07:56:40 - Atualizado em 19/04/2017, 07:57:00

A missão do Clube do Remo contra o Independente não será das mais fáceis, no jogo de volta pela semifinal do Campeonato Paraense. Os azulinos, além de vencer, precisarão de uma boa margem de gols para avançar às finais. Por isso, o técnico Josué Teixeira vem treinando o time em um esquema ousado, o 3-4-3, considerado bastante ofensivo. Tudo isso para que os remistas voltem a balançar, de fato, as redes, já que para conseguir a vaga, o Leão precisa de três gols de vantagem sobre o Galo de Tucuruí.

Veja como foi o treino

No esquema armado pelo comandante azulino, Josué Teixeira, o ataque é formado por Edgar, Felipe e Nano Krieger. Além, deles, o atacante Jayme vai jogar como um ala-direito, para dar mais poder de fogo ao setor de frente do Remo. “O professor me colocou ali na lateral, jogando como um ala ofensivo, para fazer cruzamentos, passes para os atacantes. É mais uma variação que ele vem treinando. Se precisar, estou pronto para jogar”, afirma Jayme.

O atacante remista conta que está no grupo para ajudar e pode atuar nesta função, sem problema, basta que seja escalado pra isso. “Eu já joguei assim nas categorias de base e o professor Josué deve ter tido esta informação. Onde for, eu estou pronto para ajudar, no ataque ou na lateral”, ressalta. 

SITUAÇÃO

Para sair de campo classificado, os azulinos precisam, no mínimo, vencer por três gols de diferença o Independente, para que consigam a vaga na final. Jayme sabe que a missão será muito difícil, mas ele acredita no potencial da equipe. “O professor está montando um esquema para pressionar o adversário, para a gente ir em busca dos gols”, detalha. “A gente precisa se impor e buscar o resultado o tempo inteiro. Se for 3 a 0, a gente passa e temos de ir em busca deste resultado”, confirma.

Fiscalização do presidente já tem efeitos

A promessa do presidente do Clube do Remo, Manoel Ribeiro, de que faria uma espécie de inspeção no Baenão, está sendo cumprida. As mudanças, a partir desse olhar interno, já começaram.

Entre as primeiras ações de Manoel Ribeiro, ele tirou o ex-jogador Gian Dantas do cargo de executivo de futebol do Leão. Para o lugar do ‘Príncipe do Baenão’, o presidente colocou Fernando Oliveira, o ‘Alazão’. Outra mudança foi que Paulinho Araújo, diretor das categorias de base, agora também assume a função de diretor de futebol profissional do Clube do Remo.

(Café Pinheiro/Diário do Pará)

COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUE LENDO keyboard_arrow_down
CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down