LIGA EUROPA

Wenger critica Uefa por regra que impede Aubameyang de jogar Liga Europa

POSTADO EM: Quarta-Feira, 14/02/2018, 17:35:02
ATUALIZADO EM: 14/02/2018, 17:35:02

zoom_out_map
Divulgação

Pierre-Emerick Aubameyang foi a principal contratação do Arsenal na janela de transferências do meio de temporada na Europa. Adquirido por 56 milhões de libras (cerca de R$ 252 milhões) junto ao Borussia Dortmund, o atacante gabonês não poderá ajudar o novo clube na missão de conquistar a Liga Europa por conta do mecanismo da Uefa que impede atletas de disputarem a mesma competição por dois clubes na mesma temporada.

Prestes a estrear na fase eliminatória diante do Ostersunds, da Suécia, Arsene Wenger foi enfático ao tratar sobre o tema das regras da entidade do futebol europeu e não poupou críticas ao formato que impede sua principal contratação de entrar em campo.

“Esta é uma regra sem o menor sentido. Ele (Aubameyang) disputou a Liga dos Campeões pelo Dortmund, mas o time foi para a Liga Europa e agora não pode jogar. Quando você olha o quanto gasta em uma transferência no meio da temporada e os jogadores não podem jogar, não faz sentido”, disse Wenger. “Por unanimidade, acredito que todos os clubes concordam que esta regra deve desaparecer”, completou.

Apesar de ter disputado a fase de grupos da Liga dos Campeões, o Dortmund acabou a fase na terceira colocação e, automaticamente, passou a disputar o mata-mata da Liga Europa. Por conta desse artifício, Aubameyang disputou, em teoria, a mesma competição do Arsenal e a regra da Uefa impede a disputa.

A partida diante do Ostersunds também não terá outros titulares em campo. Além de Lacazette, que está lesionado, Wilshere, Koscielny, Ramsey e Cech também não foram relacionados para o confronto.


Fonte: Gazeta Esportiva



COMENTÁRIOS mode_comment