SELEÇÃO BRASILEIRA

Sem garantir Amadeu, Branco lamenta campanha no Sul-Americano sub-20

POSTADO EM: Segunda-Feira, 11/02/2019, 11:40:04
ATUALIZADO EM: 11/02/2019, 11:40:04

zoom_out_map
Divulgação

A ruim campanha do Brasil no Sul-Americano sub-20, disputado em Rancagua, no Chile, que culminou na desclassificação para o Mundial deste ano, levantou diversos questionamentos a respeito do trabalho de Carlos Amadeu e sua comissão técnica. Na coletiva de imprensa após a vitória sobre a Argentina, neste domingo, o treinador manifestou a vontade de seguir no cargo. Porém, sua continuidade não foi assegurada por Branco, atual coordenador das categorias de base da Seleção.

“Amadeu é um grande técnico. Agora não adianta querer fazer aqui um balanço do trabalho dele. Vou chegar na CBF, a gente vai sentar com calma e tranquilidade. Todos estão tristes. Acima de tudo pelo jogo que fizemos hoje. Talvez se tivéssemos feito dois, três jogos desse nível a gente estaria sorrindo no Mundial da Polônia. Não conseguimos e não adianta agora de cabeça quente fazer balanço geral. O espelho do balanço é que nós não entramos. Depois, quando chegar no Rio, vamos sentar e conversar”, afirmou.


O ex-jogador não escondeu a frustração pelo desempenho da Amarelinha em Rancagua. Para ele, a equipe deixou bastante a desejar e, por uma sucessão de oportunidades desperdiçadas, mereceu ficar de fora do Mundial da Polônia.

“A nossa campanha a tabela mostra. A campanha foi muito ruim. Poderíamos dar algo mais. Foi o que vimos hoje. Conseguimos melhorar em todos sentidos. Tivemos várias chances, assim como tivemos na competição. Não aproveitamos para fazer os gols. Não adianta tapar o sol com a peneira. Precisamos trabalhar para melhorar todas as seleções. A sub-15, sub-17, a sub-20. Dia de muita tristeza porque o Brasil, pelo futebol que tem, pela tradição que tem na base, não pode ficar de fora”, disse.

O Brasil terminou o hexagonal final do Sul-Americano sub-20 na quinta colocação da tabela, com cinco pontos ganhos. A vitória sobre a Argentina foi a única nos cinco jogos disputados na fase final, somada a duas derrotas e dois empates. A quarta colocada, e última classificada para o Mundial, Colômbia terminou a competição com os mesmos cinco pontos, mas levou vantagem no saldo de gols.


Fonte: Gazeta Esportiva



COMENTÁRIOS mode_comment