TRAGÉDIA

Sobrevivente de incêndio no CT do Flamengo relata gritos de desespero e pedidos de socorro

POSTADO EM: Domingo, 10/02/2019, 07:47:38
ATUALIZADO EM: 10/02/2019, 08:25:52

zoom_out_map
Reprodução/SporTV

O jogador Kayque Soares, um dos sobreviventes do incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo, relatou os momentos de pânico e desespero durante a tragégia que vitimou atletas das categorias de base do clube. As informações são do UOL.

Em entrevista ao “SporTV”, Kayque contou que acordou no susto e foi um dos últimos a conseguir escapar pela porta do alojamento.

Segundo o atleta, ele ouviu gritos e pedidos de socorro e, viu o segurança Benedito Ferreira quebrar uma janela para salvar outros três garotos, referindo-se aos que sofreram ferimentos e estão internados em hospitais no Rio de Janeiro.

Kayque conta que “foi um desespero muito grande” e que “só se via fumaça”. Ele teve queimaduras na perna.

Além de Kayque, mais 12 jogadores da base do Flamengo escaparam ilesos do incêndio. 

VÍTIMAS

Ao menos 10 atletas das categorias de base do clube morreram no incêndio. A ala mais velha do CT, que servia de alojamento, recebia jogadores de 14 a 17 anos. Segundo o vice-governador do Rio, Cláudio Castro, a principal suspeita é de que uma pane no aparelho de ar-condicionado do alojamento tenha causado o incêndio.

(Com informações do UOL)



COMENTÁRIOS mode_comment