SELEÇÃO BRASILEIRA

Em tático, Tite simula defesa da Suíça e vê Fred treinar com bola

POSTADO EM: Quarta-Feira, 13/06/2018, 14:55:03
ATUALIZADO EM: 13/06/2018, 14:55:03

zoom_out_map
Divulgação

Após se dedicar a trabalhos físicos na manhã desta quarta-feira, a Seleção Brasileira voltou a treinar em campo no período da tarde em Sochi, base da equipe durante a Copa do Mundo da Rússia. Durante cerca de uma hora e meia, sem a presença da imprensa, Tite comandou uma atividade técnica-tática que fez ajustes para a estreia contra a Suíça.

De acordo com o site da CBF, divididos em dois grupos, os jogadores trabalharam movimentações táticas ofensiva e defensiva. Em um lado do campo, balizas estáticas simularam o posicionamento das linhas de defesa do primeiro rival do Brasil na Copa.

Para superá-las, os auxiliares Cleber Xavier e Matheus Bachi orientaram os atletas nas ações ofensivas. Enquanto isso, na outra metade do campo, Sylvinho direcionou os movimentos defensivos e as saídas de bola. Em seguida, os dois grupos inverteram de lado para que todos participassem de ambos os trabalhos.

Após o treino tático, alguns jogadores aprimoraram finalizações e cobranças de pênaltis. Os laterais Danilo e Marcelo treinaram cobranças de faltas. Já Renato Augusto, que ainda requer cuidados em função do joelho esquerdo, realizou um trabalho individual de condicionamento físico em separado com o preparador Fábio Mahseredjian.

Em outro campo, dando sequência ao processo de recuperação de uma pancada no tornozelo direito, Fred fez uma atividade de adaptação funcional com os fisioterapeutas, acompanhada pelo médico Rodrigo Lasmar. Desfalque do amistoso contra a Áustria, o meio-campista se exercitou em circuitos propostos pelos profissionais e ainda realizou um trabalho leve com bola.

O técnico Tite ainda não confirmou a escalação para a estreia contra a Suíça, prevista para o próximo domingo, às 15 horas (de Brasília), em Rostov, mas a tendência é que o Brasil entre em campo com Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus.


Fonte: Gazeta Esportiva



COMENTÁRIOS mode_comment