LAMENTAÇÃO

Yago Pikachu pede desculpas por mal entendido de companheiros

POSTADO EM: Quarta-Feira, 23/05/2018, 10:29:15
ATUALIZADO EM: 23/05/2018, 10:32:14

zoom_out_map
Carlos Gregório Jr/Vasco

O Vasco já garantiu uma vaga na Copa Sul-Americana, porém o clima na equipe não é dos melhores. Wellington, Paulão, Evander e Gabriel Félix deixaram Santiago, no Chile antes mesmo de ocoRrer a partida decisiva desta terça-feira (22) contra a Universidad de Chile, pela Libertadores.

Bem abatidos, os atletas retornaram ao Brasil após usarem as suas redes sociais para “responder” aos torcedores vascaínos.

Yago Pikachu, que fez o segundo gol da partida que garantiu a classificação ao time, pediu desculpas em nome do grupo. "A gente lamenta o ocorrido. Em nome de todos, queríamos pedir desculpas pelo que aconteceu. Foram conturbadas essas últimas horas e nos blindamos porque sabemos da importância que era conseguir essa classificação."

A punição do quarteto foi decidida após a chegada do presidente Alexandre Campello ao hotel onde o Vasco estava hospedado na capital chilena. O mandatário se reuniu com o diretor executivo, Paulo Pelaipe, e o gerente de futebol, Newton Drummond, antes de comunicar o afastamento ao técnico Zé Ricardo.

Campello fez questão de ter uma conversa em especial com o meia Evander e o goleiro Gabriel Félix, formados na base do clube, sobre a importância de respeitar e valorizar a instituição e seus torcedores.

Os quatro postaram uma foto no dia anterior junto de Fabrício, Erazo e Rafael Galhardo. Criticados por torcedores recorrentemente, o grupo colocou na legenda a expressão "uuuu", em alusão às vaias que recebem. Arrependidos, eles querem agora se pronunciar publicamente para pedir desculpas.

Já Zé Ricardo saiu em defesa de seus comandados. "Já repeti diversas vezes que esse grupo tem grande caráter, gosta de trabalhar e estar junto. Equívocos todos nós cometemos nas nossas vidas. Houve um episódio, a diretoria tomou uma decisão e, no Rio, de cabeça fria, vão ver as responsabilidades."

O meia Wagner, um dos destaques da partida, dedicou a vitória e a classificação à Sul-Americana aos afastados. "Eles estão arrependidos, tristes, mas estamos juntos até o final. Passamos por dificuldades ano passado e não é agora que vamos abandonar os guerreiros", declarou o jogador ao SporTV.

(Com informações da FolhaPress)



COMENTÁRIOS mode_comment