ZAGUEIRO DETETIVE

Mimica usa sua experiência de quando era jogador do Confiança, próximo adversário do Remo

POSTADO EM: Quinta-Feira, 17/05/2018, 09:35:41
ATUALIZADO EM: 17/05/2018, 09:35:41

zoom_out_map
Irene Almeida

A lém de tentar minimizar os erros exibidos nos jogos com correção nos treinamentos, a comissão técnica do Remo tem contado com o auxílio dos profissionais que somaram passagem nos adversários. Foi assim diante do Santa Cruz, com Givanildo Oliveira; contra o Botafogo-PB, com Bruno Maia; e agora com o zagueiro Mimica, que esteve no plantel do Confiança, na Série C de 2017.

Mimica, que é titular absoluto na zaga remista, diz que a base do seu antigo clube permanece, o que faz o time ser perigoso, mesmo atuando fora de seus domínios. Em contrapartida, reitera que os azulinos têm chances claras para conquistar nova vitória na Série C. “Praticamente 70% do time é o mesmo da minha época. Têm jogadores de qualidade, um time muito rápido na frente, que joga do mesmo jeito que em casa: fechado para sair no contra-ataque”, disse. 

“A gente sabe das dificuldades do campeonato, mas sabemos que temos que ganhar dentro de casa e, acredito que demonstramos estar prontos para entrar em campo e sair vitoriosos e somar mais três pontos”, completou.

DUPLA FUNÇÃO

Atrelado à regularidade na defesa, Mimica tem se destacado também pela chegada frequente ao ataque. O zagueiro que já marcou três gol na temporada, superou a marca da sua antiga equipe, por onde não balançou as redes. A marca de Mimica, aliás, tem despertado o afinco do parceiro de posição, Bruno Maia, que prometeu deixar o seu, caso tenha oportunidade. “Tenho que procurar um golzinho também. A gente sabe que tem sempre que se superar e ajudar de todas as formas. Espero ajudar bem lá atrás e, se sobrar uma, manter a pegada e marcar também, porque isso vai ajudar muito a nossa equipe”, 
adiantou Bruno Maia.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment