PRATAS DA CASA

Clube do Remo: Aposta em jogadores remista decide jogo

POSTADO EM: Segunda-Feira, 14/05/2018, 08:09:50
ATUALIZADO EM: 14/05/2018, 08:10:25

zoom_out_map
Raphael Graim/Remo

O setor ofensivo do Clube do Remo, a priori, encontrou solução para a sua falta de gols: Jayme e Gabriel Lima, pratas da casa, foram os responsáveis pela vitória azulina na noite de ontem, por 3 a 1, sobre o Botafogo-PB, na Paraíba. Ao lado do zagueiro Mimica, os jogadores ajudaram o time a balançar as redes, após dois jogos na seca. 
Apesar dos erros cometidos, o oportunismo dos dois jogadores, aliado à eficiência, os colocam como alternativas diretas já para o compromisso diante do Confiança, no próximo domingo (20), em Belém.

Para Jayme, autor do gol da virada, o feito não poderia acontecer em melhor hora, já que o time precisava muito desencantar na competição. “Sem palavras. Meu objetivo é esse: ajudar sempre a minha equipe. Fico muito feliz em ter feito parte dessa vitória, com gol, porque sei o quanto estávamos precisando disso. O gol ia sair, e sabíamos que, se saísse, a vitória viria. E foi o que aconteceu”, explicou.

O também atacante Gabriel Lima deixou o seu recado. De acordo com ele, esse é o momento da equipe se unir e manter os pés no chão. “O Remo é isso. Só Deus sabe o quanto precisava disso. Mas é continuar com a humildade, porque foi por isso que ganhamos. Vamos em busca de mais vitórias, porque queremos a classificação. É manter o ritmo”, pontuou Gabriel, que marcou o terceiro e último gol no jogo.

Giva elogia, mas avisa que reforços vão chegar 

Após somar uma única vitória em quatro partidas pela Série C, o Clube do Remo entrou em campo, na noite de ontem, contra o Botafogo-PB, pressionado por um bom resultado. E a pressão, mesmo prejudicial, foi determinante para a vitória de 3 a 1 sobre o Belo, como explicou o treinador Givanildo Oliveira, que manteve a mesma base de partidas anteriores, para provar que tudo é questão de fase. 

“Nós não mudamos. Futebol é complicado às vezes. E posso falar isso, porque são 50 anos dentro do futebol. Hoje, estava esperando uma hora para acertar, engatilhar. Uma hora para fazer uma partida como essa. E já tínhamos feito, mas a bola não entrou. Além de fazermos um grande jogo, nós conseguimos marcar os gols”, avaliou.

Ainda de acordo com o treinador, mesmo com a resposta positiva do grupo, com uma vitória maiúscula em cima de rival bem posicionado na tabela, o plantel deverá ganhar novos reforços para a continuidade da competição ainda nessa semana. 

“A diretoria está trabalhando. Tivemos reunião essa semana e em cima disso devem chegar, pelo menos, mais dois jogadores. A princípio é um para o lado (ponta) e mais um homem de meio. Um volante ou um meia, mas que sabe fazer o lado”, adiantou Giva.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment