ALTERNATIVA

CBF proíbe venda da camisa da Seleção 'de esquerda'

POSTADO EM: Segunda-Feira, 16/04/2018, 20:22:21
ATUALIZADO EM: 16/04/2018, 20:22:21

zoom_out_map
Divulgação

Uma versão alternativa da camisa da Seleção Brasileira fez sucesso nas redes sociais desde que apareceu, na semana passada.

A criação trazia a camisa vermelha, com o logo da CBF e ainda o símbolo da foice e do martelo.

Muita gente pediu que a designer Luísa Cardoso colocasse a camisa à venda. Ela chegou à pensar no plano e anunciar preços, mas a Confederação Brasileira de Futebol não gostou nada da ideia.

Por meio de notificação judicial, a designer foi avisada de que não poderia comercializar a camisa e que deveria retirar as imagens das redes sociais. A CBF também pediu que assinasse termo se comprometendo a não vender sua criação.

Ao blog Na Vitrine, do UOL, Luísa contou que acatou o pedido da CBF e explicou que não tinha começado a produzir a camisa (que tinha começado apenas como uma piada).

A versão alternativa seria voltada às pessoas que querem torcer durante a Copa, mas não querem vestir a camisa verde e amarela, que acabou virando símbolo das manifestações da direita desde 2014 e das notícias de corrupção ligadas à CBF.

(DOL)

 



COMENTÁRIOS mode_comment