DECISÃO

Remo precisa reverter placar difícil contra o Manaus

POSTADO EM: Quarta-Feira, 14/02/2018, 07:45:39
ATUALIZADO EM: 14/02/2018, 07:54:54

Hoje à noite, o Mangueirão será palco de uma verdadeira batalha, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa Verde. O Clube do Remo recebe o Manaus-AM, às 20h30, com sangue nos olhos para reverter o prejuízo de 2 a 0 e garantir, pelo quarto ano consecutivo, vaga nas quartas de final do certame. A classificação para o grupo azulino é vista como obrigação, uma vez que a conquista inédita do torneio é uma das prioridades da agremiação em 2018. Dessa maneira, como foi destacado ao longo das últimas semanas, o time vai partir pra cima do adversário em busca da vitória. E, apesar da desvantagem no marcador, diferentemente do jogo de ida na Arena da Amazônia, o Leão conta com alguns fatores que podem ser decisivos para logo mais.

Assim como o adversário possuía invencibilidade em seus domínios antes do primeiro duelo, o Clube do Remo segue inabalável na capital paraense. Nas três partidas realizadas no Olímpico do Pará, os remistas venceram todas, marcando seis tentos, e sofrendo apenas um, no clássico Re-Pa. Aliado a isto, o time vem de um resultado positivo fora de casa, diante do Atlético-ES, algo que levará confiança ao plantel na busca da classificação. Além do mais, um triunfo convincente quebrará de uma vez por todas a inconstância azulina, entre uma partida e outra.

Outro ponto de partida interessante para o elenco e comissão técnica do Leão, são os resultados ruins do rival. Desde a vitória diante dos azulinos, o Gavião manauara somou dois empates, nos quais um culminou com a sua exclusão da Copa do Brasil; e o outro cedendo a liderança no seu grupo no Estadual.

De acordo com o centroavante Isac, artilheiro do time e esperança de gols no duelo, essa é a chance que o grupo terá para demonstrar a sua qualidade. “É um jogo muito importante para gente. Não podemos vacilar. Temos que entrar ligados desde o primeiro segundo até o último segundo. Não tenho dúvida de que temos capacidade para reverter. Esse grupo foi montado a dedo, tem qualidade, e deixaremos nossa marca amanhã (hoje). Não vamos desistir. Vai ser uma batalha, e podem acreditar que faremos o impossível para sair com o resultado a nosso favor”, ponderou o capitão remista.

Raça na defesa e sede de gols no ataque

Desde que entrou como titular no setor defensivo azulino, o zagueiro Mimica se adaptou de forma rápida e, ao lado de Bruno Maia, vem fazendo uma dobradinha poderosa. Nas quatro partidas integrando a onzena titular, o Clube do Remo sofreu apenas três gols. Um número interessante, já que na sua ausência nos dois primeiros jogos oficiais na temporada, a equipe tinha sofrido dois. A segurança de Mimica na zaga, de certa forma, acabou proporcionando liberdade aos volantes na saída de jogo.

Para o profissional, no entanto, o confronto de hoje será de superação, em que as virtudes terão que se exceder para a classificação. “O foco é trabalho. Trabalhamos esses dias todos para virar esse placar ruim. O treinador nos mostrou o caminho, agora é com a gente. Nosso dever é buscar o resultado com calma, sem meter os pés pelas mãos. No jogo todo mundo vai se doar. Nas bolas paradas vou ajudar nas cabeçadas, da mesma forma que vou atuar na minha função. Vamos jogar pela vitória e pela classificação”, disse o zagueiro.

O meio-campista Rodriguinho, por outro lado, pregou a tranquilidade e a paciência do time como chave para o triunfo. “É um jogo complicado. O time deles não é bobo, vai jogar no nosso erro. É nisso que temos que concentrar, nas saídas de bola. Não podemos confundir pressa com velocidade. Teremos 90 minutos para pensar no que fazer e desempenhar o nosso melhor dentro de campo”, explicou o jogado.

Com goleiro reserva, Manaus vem a Belém “sem medo”

Após vencer o jogo da ida por 2 a 0 pela primeira fase da Copa Verde, o Manaus entra em campo, hoje à noite, contra o Clube do Remo, podendo perder por até um gol de diferença para avançar na competição. A equipe chegou em Belém na madrugada de ontem, com uma baixa para o duelo. O goleiro Jonathan foi vetado pelo departamento médico após a pancada na cabeça que sofreu em jogo contra o CSA. Quem vai substituir o arqueiro será o reserva Milton, que na avaliação da diretoria do clube está à altura do titular. “O Nilton é muito bom, quando entrou contra o CSA fez uma boa partida. A gente confia muito nele”, frisou o gerente de futebol do clube, Rodrigo Novaes.

Além da mudança no gol, o Manaus pode ter mais uma novidade. O lateral-esquerdo Negueba, que já passou por times paraenses, está de volta ao Gavião após se recuperar de uma lesão e pode entrar em campo contra os azulinos na noite de hoje. Ainda de acordo com o gerente, o técnico Wladimir Araújo já definiu a equipe, mas só divulgará a escalação momento antes do jogo. “Ele deve mexer em uma ou duas peças”, frisou Rodrigo, comentando ainda sobre a vantagem do Gavião do Norte. “A gente está bem concentrado para a partida e sabemos que vai ser um jogo difícil, porque sabemos da força que o Remo tem com a sua torcida, mas vamos entrar focados e com respeito. Vamos sem medo,”, ressaltou.


(Matheus Miranda/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment