COPA VERDE

Para bicolores, empate fora de casa contra o Interporto não é tão ruim

POSTADO EM: Sábado, 10/02/2018, 09:04:01
ATUALIZADO EM: 10/02/2018, 10:30:37

zoom_out_map
Elias Oliveira

O goleiro Renan Rocha e o lateral esquerdo Mateus Muller estrearam ontem com a camisa bicolor. Nenhum dos dois saiu de campo com muito a se destacar da atuação. O primeiro porque a bola não chegou nele, o segundo porque pouco apareceu. 

Para o arqueiro, o resultado Não foi o esperado, mas não o considerou de todo ruim. “Esperava a vitória na estreia. Mas esse empate fora de casa, tendo o jogo de volta, não é ruim. Queríamos a vitória, mas vamos decidir em casa”, afirmou o goleiro Renan Rocha.
O técnico Marquinhos Santos aprovou as mudanças, salientando que isso fazia parte de um planejamento previamente acertado dentro da comissão técnica por causa do estágio de preparação do elenco. 

“Acho que os dois foram dentro do esperado. O elenco precisa rodar, ganhar ritmo e melhor condição. As mudanças antes e durante o jogo surtiram efeito. Essas alterações faziam parte do planejamento, mas a partir de agora vamos buscar mais esse conjunto. Na Curuzu teremos condições de apresentar uma melhor proposta”, analisou Marquinhos Santos.

O comandante do Tigre lamentou não ter feito o dever de casa, mas lembrou que no jogo de volta qualquer empate com gols classificará o Interporto. “O resultado foi ruim porque jogamos em casa. Não fomos bem no primeiro tempo, mas no segundo melhoramos com as mudanças e igualamos a partida. Agora a responsabilidade está com eles no jogo da volta”, disse o técnico do time tocantinense, Jadson de Oliveira.

(Tylon Maués/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment