VELHOS ERROS...

Remo perde para o CSA-AL e pode sair do G4

POSTADO EM: Sábado, 12/08/2017, 18:31:37
ATUALIZADO EM: 12/08/2017, 18:32:18

O Clube do Remo amargou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro da Série C. Jogando fora de casa, contra o líder do grupo, o CSA-AL, o Leão repetiu velhos erros e foi derrotado pelo placar de 2 x 0. O resultado pode tirar o Clube de Periçá do G4.

O primeiro gol do clube alagoano saiu no primeiro tempo, com Rafinha, em cobrança de falta. No segundo tempo, Didira, aproveitando contra-ataque, sacramentou o resultado.

O Remo continua com 18 pontos, na quarta colocação, mas os adversários diretos ainda entrarão em campo pela rodada. A próximo encontro do Leão na Terceirona será no próximo domingo (20), às 18h, contra o Botafogo-PB.

O JOGO: O Clube do Remo repetiu velhos problemas nos primeiros 45 minutos de jogo em Maceió-AL. Com apenas Eduardo Ramos no setor de criação, o Leão sofreu para conseguir chegar ao gol do adversário e, de quebra, levou uma bola na rede.

Líder da competição e jogando com o apoio da torcida, o CSA foi para cima e jogou na base do “abafa” desde o começo. Mesmo com domínio da posse de bola, o goleiro Vinícius, até então, pouco trabalhava.

Foi aí que o time dono da casa resolveu através da bola parada. Em falta para cobrar, o jogador Rafinha chutou, contou com ajuda de um desvio e viu a redonda morrer dentro do gol do Clube do Remo. 1 x 0.

O gol não melhorou o Remo. Léo Goiano, então, optou pela entrada de Flamel no lugar de Ilaílson, mas a mudança pouco surtiu efeito antes do intervalo de partida.

No segundo tempo, o time comandado por Goiano teve postura mais agressiva e recomeçou o jogo marcando no campo do adversário, dificultando a saída de bola rival. O problema é que o setor de criação ainda estava comprometido com a forte marcação, o que reduziu o número de chances de gol.

O atacante Edgar, muito apagado, pouco fez ao lado de Luiz Eduardo. O Remo construiu muitas jogadas laterais que resultaram em cruzamento, mas, quase todas, sem o menor perigo para a defesa do CSA-AL.

Aos poucos os donos da casa foram retomando o controle e logo chegaram ao segundo gol, aproveitando contra-ataque puxado por Edinho e cruzamento que encontrou Didira dentro da grande área, finalizando para marcar mais um. 2 x 0.

Nos instantes finais, o Leão não teve forças para reagir e saiu do gramado com mais uma derrota na conta.

FICHA TÉCNICA:

CSA: Mota; Dick (Celsinho), Thales, Jorge Felipe e Rafinha; Dawhan, Boquita, Rosinei (Didira) e Daniel Costa (Caíque); Edinho e Michel

REMO: Vinícius; Ilaílson (Flamel), Bruno Costa, Leandro Silva e Gerson; João Paulo, Dudu, França e Eduardo Ramos (Jayme); Edgar (Danilinho) e Luiz Eduardo

GOLS: Rafinha e Didira (CSA)

ESTÁDIO: Rei Pelé, Maceió (AL)

ARBITRAGEM: Diego Pombo Lopez

AUXILIARES: Adailton de Jesus Silva e Djalma SIlva Ferreira

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment