É HOJE!

Saiba tudo sobre o casamento ostentação de Lexa com MC Guimê

POSTADO EM: Terça-Feira, 22/05/2018, 16:00:04
ATUALIZADO EM: 22/05/2018, 17:14:46

zoom_out_map
Divulgação

O dia do casamento de Lexa com MC Guimê finalmente chegou. Depois de passarem horas de ansiedade, os pombinhos finalmente trocarão alianças na cerimônia que ocorrerá a partir de 20h desta terça-feira (22/5).

O casal oficializará a união na Catedral da Sé, em São Paulo, de acordo com o site Glamurama. Ao comando do padre Fábio de Melo, o casamento se encerrará com um festão previsto para acabar às 7h de quarta-feira (23). Guimê chegará ao local dirigindo uma Ferrari vermelha, e a noiva, um Mercedes-Benz, remetendo ao estilo ostentação deles.

 

O vestido de Lexa, de acordo com o site, está avaliado em R$ 100 mil. O modelo, assinado por Israel Valentin, é todo bordado com cristais Swarovski e tem dois metros de cauda. O coral da cerimônia se baseará em músicas clássicas como a 9ª sinfonia de Beethoven.

 

Festão ostentação

Lexa e Guimê esperam por 400 convidados – entre eles personalidades como Ivete Sangalo, Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana, Fernanda Souza e Thiaguinho, Simone e Simaria, Matheus e Kauan, Neymar e Bruna Marquezine – no buffet Torres, em Moema.

A pista de dança, segundo o Glamurama, terá formato de diamante, fazendo alusão à tatuagem do funkeiro. Falando em tatuagem, um estúdio será montado no centro da atração para quem estiver a fim de ter o corpo desenhado. Uma fábrica de esmaltes estará esperando pelas damas da festa; no local, as convidadas poderão retocar a maquiagem e o cabelo.

Dj Yuri Martins e o trio de DJs Fredy, Fabiano e Felipe Ribeiro estão responsáveis pelas músicas. No cardápio, os convidados comerão de sobremesa petit gateau e doce de leite e gelato italiano. Para beber, champagne Veuve Clicquot e drinks acompanhados de ingredientes como rapadura e caviar de pepino. O bolo de casamento terá seis andares.

Ao deixarem o local, Lexa e Guimê seguirão para a lua de mel de seis dias em São Bartolomeu, no Caribe.

Fonte: Metropoles



COMENTÁRIOS mode_comment