DESFILES

Inscrições de escolas de samba e blocos começam hoje em Belém

POSTADO EM: Quarta-Feira, 02/01/2019, 08:10:43
ATUALIZADO EM: 02/01/2019, 08:26:48

zoom_out_map
Fernando Sette/Comus

As agremiações carnavalescas de Belém poderão se habilitar, a partir de hoje (2) para participar do desfile oficial do Carnaval, que este ano voltará a ocorrer na Aldeia Amazônica Davi Miguel. Também a partir de hoje, até o dia 24 de janeiro, estão abertas as inscrições para aquelas que desejam receber a subvenção oficial concedida a partir da Fundação Cultural do Município de Belém.

O edital de chamamento foi divulgado no último dia 27 de dezembro.  De acordo com o documento, serão disponibilizados, no total, R$ 2 milhões e 286 mil, a ser divididos entre 68 agremiações de Belém e distritos de Icoaraci, Outeiro e Mosqueiro.

Desse total, a maior parte, cerca de R$ 947 mil, será dividido entre nove escolas do primeiro grupo de Belém, sendo que cada uma deve receber em torno de R$ 105 mil. Ainda estão previstos repasses para as escolas de samba do 2º grupo, com R$ 35 mil para cada, e do 3ºgrupos (ou grupo de acesso), com R$ 24 mil por escola; blocos carnavalescos do 1º e 2º grupos; e as escolas de samba e blocos dos distritos.

HABILITAÇÃO

Para receber os valores, no entanto, as agremiações terão primeiro de se habilitar no edital de participação no Carnaval, e depois terão de apresentar suas propostas de desfiles ao Departamento de Ação Cultural da Fumbel e atender às exigências do edital quanto a certidões negativas de qualquer débito ou irregularidade em prestação de contas anteriores relacionadas a recursos públicos.

“Durante as reuniões, as agremiações ficaram cientes das exigências que estão previstas no edital. E terão tempo para providenciar os documentos necessários. Porque se faltar algum desses documentos, a agremiação poderá ser desabilitada”, alerta Flávia Figueiredo, assessora jurídica da Fumbel, referindo-se às reuniões preparatórias para o Carnaval realizadas em agosto, setembro e novembro.

Segundo a diretora do Deac, Sílvia Lavoglio, a expectativa com os editais é ter de volta a participação de escolas que estão há alguns anos sem desfilar, por conta dos impasses da falta de apoio para suas produções. Mas ela diz que mesmo aquelas que não se habilitarem a receber subvenções poderão participar do desfile.

“As agremiações que estão afastadas dos desfiles oficiais de Carnaval por algum motivo podem participar do desfile e entram no grupo de acesso, mas elas não podem receber a subvenção que será repassada pela Prefeitura. Essas agremiações precisam passar etapas até que voltem a estar habilitadas a receber esse repasse”, explicou a diretora.

CALENDÁRIO

Os desfiles na Aldeia Amazônica serão realizados de 22 a 24 de fevereiro, tradicionalmente sete dias antes da semana oficial do Carnaval. No dia 22 será o desfile das Escolas de Samba do 2º Grupo; no dia 23, das escolas do 1º Grupo; e no dia 24, das escolas do 3º grupo, também chamado “de acesso”. A apuração está programada para o dia 27 de fevereiro. Também na Aldeia Amazônica, os blocos dos 1º e 2º Grupos desfilam no dia 2 de março.

(Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment