JUNTO E MISTURADO

Roberta Sá e João Cavalcanti fazem em roda de samba com Arthur Espíndola

POSTADO EM: Sexta-Feira, 29/06/2018, 10:18:52
ATUALIZADO EM: 29/06/2018, 10:18:52

zoom_out_map
Daryan Dornelles - Flora Pimente

Roberta Sá e o cantor e compositor João Cavalcanti são os convidadas do sambista Arthur Espíndola no projeto “Sexta Sesi do Samba” hoje, às 20h30, no Teatro do Sesi, com participação especial de Juliana Sinimbú. O projeto está na quarta edição e cria conexões musicais com grandes artistas brasileiros, algo que, para Espíndola, vem dando muito certo e com bons resultados.

“O público que vai ao show tem a oportunidade de ouvir histórias que só quem está presente no teatro irá saber. Este projeto, sem dúvidas, já entrou para o calendário cultural de Belém e eu estou muito feliz de fazer parte disso”, comemora o sambista.

Para hoje a noite, ele adianta que está sendo preparado um show intimista, com muita música, informação e descontração, como tem sido o mote do projeto, com sucessos que fazem parte da carreira dos três cantores que estarão no palco. “Meus convidados são sempre pessoas que admiro. Convidei estes dois grandes artistas porque acredito muito no som que eles produzem e na sintonia que rola no palco”, explica.

Filho de Lenine, João Cavalcanti traz a música no DNA. Foi um dos fundadores do respeitável grupo Casuarina, onde ficou de 2001 a 2017, partindo, então, para a carreira solo. Este ano lança o disco “Garimpo”, registro intimista de seu duo com o pianista e acordeonista Marcelo Caldi, e na sequência deve lançar seu segundo disco solo, “Sangrado”, previsto para 2019.

João é velho conhecido do cantor paraense. Há quatro anos ele participou do DVD “Prazer, Arthur Espíndola”, interpretando a música “Carta ao Meu Amigo Gringo” e é presença confirmada na próxima temporada do programa “Amazônia Samba”, que vai ao ar no semestre que vem com apresentação de Espíndola e exibição na TV Cultura. Já Roberta Sá faz tempo que não vem por aqui e é só expectativa quanto a essa mistura toda no palco.

“Para mim é um privilégio muito grande estar em Belém, tenho tido poucas oportunidades de me apresentar por aí. Ainda mais por ter sido convidada pelo Arthur para fazer parte de um projeto que reúne mais de um artista no palco, permitindo essa troca tão valiosa para mim como cantora. Estar com o Arthur, que é um artista local importantíssimo, e com o João, meu amigo e parceiro de muitos encontros aqui no Rio, será um prazer enorme”, diz a cantora. “Vai ser um encontro de música e afeto”, convida.

Ela conta que o set list será eleito meio que de improviso. “Nós escolhemos um repertório de seis canções e vamos ensaiar quando eu chegar a Belém. Gosto de conhecer os músicos, trocar com eles, entender como a banda funciona para, então, bater o martelo final do repertório. Mas escolhi algumas canções do álbum ‘Delírio no Circo’, que é o mais recente, e outras que não podem faltar no meu repertório, como o ‘Samba de um Minuto’, do Rodrigo Maranhão”, antecipa.

Pode ser que, entre um sucesso e outro, a cantora também solte alguma das canções de seu novo projeto. “Estou finalizando um álbum só com canções inéditas de Gilberto Gil, compostas especialmente para esse projeto. Lançamos agora o primeiro single digital chamado ‘Afogamento’, que faz parte da trilha da novela ‘Segundo Sol’, na qual gravamos em dueto, Gil e eu. O álbum deve sair ano que vem”, diz.

Imperdível

“Sexta Sesi do Samba” com Arthur Espíndola, Roberta Sá, João Cavalcanti e participação de Juliana Sinimbú
Quando: Hoje, às 20h30
Onde: Teatro do Sesi (Av. Almirante Barroso, 2540 – Marco)
Quanto: Ingressos de R$ 30 a R$ 50, com vendas na bilheteria do teatro ou no site www.bilheteriadigital.com 
Informações: (91) 3366-0971

(Aline Rodrigues/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment