MÚSICA

Festival Tim Music reuniu nomes do sertanejo, funk e eletrônico em show

POSTADO EM: Domingo, 10/06/2018, 08:53:35
ATUALIZADO EM: 10/06/2018, 08:53:35

zoom_out_map
Divulgação

Com um time que representa a atual música a liderar as programações das rádios brasileiras, a noite de shows do Festival Tim Music, no último dia 1º, no Rio de Janeiro, teve lotação máxima e animação até as quatro da madrugada. No palco, dois queridinhos das propagandas da operadora, a dupla sertaneja Matheus & Kauan e Simone, da dupla com Simaria (ainda de licença médica), além do DJ Alok e o atual fenômeno do funk MC Kevinho. O evento fazia parte da multiplataforma que a empresa lançou em conjunto com a gravadora Universal, em 2017, uma tentativa de se reaproximar da música após o fim do Tim Festival e do Prêmio Tim de Música, realizados entre os anos de 2003 e 2008, e que trouxeram inclusive nomes internacionais, como Björk.

Com transmissão ao vivo pelo canal Multishow, o show foi propício para que os artistas pudessem mostrar trabalhos de destaque e alguns lançamentos. Matheus & Kauan fizeram questão de cantar ao vivo e trazer no telão o videoclipe de “Ao Vivo e a Cores”, parceria com a funkeira Anitta, que tem como cenário um karaokê na Liberdade, bairro paulista. “Foi uma parceria que surgiu naturalmente, ela [Anitta] é muito querida por nós e o Brasil inteiro. A gente compôs, convidou, e ela topou de primeira. Hoje é a música mais tocada do Spotify. A gente se sente muito feliz!”, afirmou Kauan, antes de subir ao palco.

A dupla ainda reservou o momento para cantar pela primeira vez ao vivo “A Música que a Vida Pede”, single composto por Mateus especialmente para o Festival e que já tinha videoclipe nas redes sociais. Naturais de Goiás, os irmãos têm um forte contato com a música desde a infância. Influenciado pelo pai, que cantava e tocava, Kauan chegou a gravar dois discos solo aos 15 anos. Em 2010, depois de morar um ano nos EUA, voltou ao país e formou a dupla com o irmão, cinco anos mais novo.

Apaixonados pelo sertanejo universitário, consagraram-se não só como cantores, mas também como compositores, com músicas gravadas por uma série de artistas de renome, como Luan Santana, Cristiano Araújo e Gusttavo Lima. Com o cenário do sertanejo sendo feito por tantos nomes, Mateus acredita que o destaque que eles têm hoje vem da dedicação à música. “Cada trabalho que a gente grava, sente que conseguiu se aprimorar em algo. A força que o publico traz, também ajuda. O resultado é chegar a um grande festival como esse, em que a gente divide palco com artistas que também fazem grande sucesso em seus estilos”.

COM TODA ENERGIA
Simone, ainda desacompanhada de Simária, já chegou ao palco avisando que estava disposta a se superar naquela noite. E a verdade é que, se não fosse porque a parceira de palco é sua irmã e é sabido que Simária é uma compositora quase compulsiva, os shows não perderiam em nada tendo Simone como única estrela. A voz dela sozinha preencheu bem todos os momentos do show, com pequenas encenações de dor de cotovelo, e um spoiler de leve – vem música nova por aí, falando de término de relacionamento, tema que os fãs adoram.

As duas começaram no forró, independentes, e alcançaram grande fama no Nordeste. Foram um dos muitos casos que têm ocorrido no mercado atual da música, em que artistas se destacam por mérito próprio, com produções que se beneficiam do acesso a novas tecnologias, e depois, com esse primeiro público conquistado, chegam aos ouvidos de uma grande gravadora. Ainda que fiquem muito felizes com essa história construída, também fazem questão de deixar claro como ter uma gravadora realmente deu um salto em suas carreiras. “A gente fez uma época nosso trabalho sem gravadora, alcançamos muito do que tínhamos sonhado. Mas, depois que a Universal chegou, tudo ficou grande, com respeito. Você começa a escrever sua história de forma diferente quando tem apoio, permite essas grandes pontes e parcerias também, como a que está ocorrendo agora nos levando a um grande festival, transmitido direto para a casa de muitas pessoas”, comentou Simone, com exclusividade para Você, antes de subir ao palco.

Ana Paula Castello Branco, diretora de Advertising e Brand Management da Tim Brasil reforçou que a intenção da empresa é continuar essa aproximação com a cena musical atual. “A parceria com a Universal, uma ação pioneira no mercado, vem nos permitindo entregar para os clientes experiências únicas e inesquecíveis. Esse festival é uma das principais iniciativas do projeto e vai reforçar ainda mais a música como um dos pilares da nossa comunicação e relação com os consumidores”.

(Laís Azevedo/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment