ESCRITA

Vicente Cecim ensina em curso como ter uma escrita de personalidade

POSTADO EM: Segunda-Feira, 07/05/2018, 08:42:38
ATUALIZADO EM: 07/05/2018, 09:58:07

zoom_out_map
Divulgação

Essencialmente voltado para a prática, antecedida por breves iniciações a autores consagrados por seus estilos inovadores, o Curso de Escrita Criativa, do paraense Vicente Franz Cecim, está com inscrições abertas, na Casa das Artes. As aulas ocorrem em dois módulos: “Literatura Brasileira” e “Literatura Estrangeira”, de 8 a 27 de maio, de terça a sexta, das 15h às 18h. Uma oportunidade e tanto de aprender com o autor internacionalmente conhecido e elogiado por críticos com sua Amazônia fantástica e a série “Viagem a Andara”.

Para Cecim, uma escrita criativa começa com um grande sentimento de liberdade. “Com ela posso fazer o que eu quiser, sou livre para escrever sobre o que desejar e como desejar. Você não se torna poeta quando senta à mesa para escrever, precisa levar uma vida imaginativa, alimentar esse sentimento poético sobre as coisas”, orienta. Conhecer a si mesmo também é essencial, considera. “O que tu és? O que és capaz de realizar? És melhor com contos, romances, poesia? Isso é algo que se descobre durante o curso. Conversamos sobre o estilo da pessoa, queremos que elas escrevam de forma original”, diz.

Cecim destaca que o curso não se propõe a seguir um formato escolar, cansativo, “mas saboroso e interessante”. Para não se tornarem conceitos soltos, ele apresenta – ou aprofunda o conhecimento que os alunos têm sobre – obras de quatro grandes autores. “Mostro como se escreve na literatura brasileira e estrangeira também, porque há questões culturais envolvidas. Escolhi os autores que considero mais criativos em seus gêneros”, afirma. 

O primeiro é João Guimarães Rosa, com o qual Cecim explana sobre a ficção, tomando como referência seu último livro, “Ave, Palavra”. “Mostro como é a linguagem, como ele imagina e constrói a literatura dele”, explica. Na poesia brasileira, traz “Tratado Geral das Grandezas do Ínfimo”, de Manoel de Barros. “Ele gostava das coisas pequenas e transformava em grandes... Formiguinhas, pedrinhas. Mostro como ele era inventivo para escrever poemas, os temas que ele abordava, e questiono quais temas interessam aos alunos. Os mestres nos mostram como fazem e vamos ver como nós queremos fazer”, adianta o escritor. 

Na ficção estrangeira ele traz Franz Kafka, tomando como objeto de estudo seu livro “Narrativas do Espólio”. “Kafka desenvolveu um estilo muito pessoal, o nome dele é um adjetivo nos dias de hoje. Quando você diz ‘isso é muito kafkaniano’, refere-se a algo traumático, misterioso, absurdo”, comenta Cecim. O curso traz ainda a poesia de César Vallejo, revolucionário poeta sul-americano, e seu livro “Poemas Humanos”. O autor é descrito por Cecim como “extraordinário”. “É muito forte o sentimento de mundo dele, uma poesia muito pessoal, voltada à presença humana. Um latino-americano, logo está próximo de nós, mas tem características muito próprias da cultura peruana, do país de onde vem”, observa. 

Vale lembrar que o próprio autor paraense possui uma vasta obra a servir de referência sobre escrita criativa. Entre seus trabalhos mais recentes está “Breve é a Febre da Terra”, com o qual ele recebeu em 2014 o Prêmio de Romance Haroldo Maranhão, da Casa das Artes. Em 2015, publicou “Fonte dos que Dormem”, pela editora Córrego, e em 2016 saiu a edição brasileira de “K - O Escuro da Semente”, pela editora Letra Selvagem, ambas de São Paulo. Ele ainda tem inéditos os livros “O Círculo suas Rendas de Fogo”, “Coisas Escuras Procurando a Luz com Dedos Finos Cheios de Ervas” e “Oniá”, reunidos no volume único “Oniá - Um Lugar Cintilante”.

Oportunidade

Curso de Escrita Criativa, com Vicente Franz Cecim
Quando: De 8 a 27 de maio, de terça a sexta, das 15h às 18h
Onde: Casa das Artes (Praça Santuário, ao lado da Basílica de Nazaré)
Quanto: R$ 20, com inscrição prévia na secretaria da Instituição, das 9h às 16h, de segunda a sexta
Informações: (91) 3323-0350

(Lais Azevedo/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment