OPORTUNIDADE

Sete novos projetos serão contemplados em edital

POSTADO EM: Quinta-Feira, 12/04/2018, 11:47:04
ATUALIZADO EM: 12/04/2018, 11:49:09

zoom_out_map
Divulgação

Com financiamento total de R$ R$ 4.490.000,00 assegurados pela Ancine (Agência Nacional do Cinema) foi lançado o 2º Edital Cultura de Audiovisual, o objetivo é contemplar sete novos projetos na área. As produtoras paraenses poderão inscrever projetos de ficção, documentário e animação.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 23 de abril e 6 de junho no site.

Os projetos audiovisuais selecionados recebem o apoio financeiro de R$ 4.490.000,00, oriundos do Fundo Setorial do Audiovisual. Serão selecionadas duas obras seriadas de ficção no valor de R$ 1 milhão cada, três obras seriadas de documentário no valor de R$ 430 mil cada e duas obras seriadas de animação no valor de R$ 600 mil cada. Podem se inscrever no edital produtoras paraenses independentes com registro na Ancine. As produtoras poderão concorrer com até três projetos cada uma, desde que, em caso de aprovação, dois deles sejam de gêneros diferentes.

"O segundo edital continua sendo de obras seriadas para pessoas jurídicas. Ele é especificamente para televisão. Nesta nova edição, serão 07 obras seriadas contempladas. É um edital maior, já que teremos três obras a mais em relação ao edital passado. O nosso investimento também coincide com o maior número de produtoras paraenses no mercado ", destaca a jornalista Indaiá Freire, coordenadora do 2º Edital Cultura de Audiovisual.

Para se inscrever no edital, diretores e roteiristas devem ser residentes e domiciliados por no mínimo dois anos no Pará. As obras seriadas deverão ter cinco episódios ou capítulos obrigatoriamente. O tempo por episódio ou capítulo deverá ser de 26 minutos para obra seriada de ficção e documentário, e de 11 minutos para animação, incluindo créditos iniciais e finais. As produtoras selecionadas terão o prazo final de 18 meses para entregar as obras de ficção e documentário e 20 meses para as séries de animação. Os projetos serão selecionados por uma comissão formada por profissionais com experiência no mercado audiovisual brasileiro. Os critérios de seleção também serão os mesmos adotados pelo primeiro Edital Cultura de Audiovisual.

(DOL)



COMENTÁRIOS mode_comment