RELIGIÃO

Devotos se reúnem em retiros durante o período do Carnaval

POSTADO EM: Segunda-Feira, 12/02/2018, 07:54:19
ATUALIZADO EM: 12/02/2018, 07:54:19

zoom_out_map
Ney Marcondes

Para muitas pessoas, o período de Carnaval é de religiosidade ou mesmo para descansar e aproveitar uma cidade mais tranquila. Só ontem, uma série de retiros espirituais de três dias teve início em várias comunidades cristãs de Belém, com apoio da Arquidiocese.

Ainda não eram 10h e dezenas de jovens já se reuniam em torno do primeiro dia da 7ª edição do Renascer, uma programação realizada pela Comunidade Shalom nas dependências da escola Madre Celeste, no bairro da Marambaia. Embora o público-alvo não tenha faixa etária delimitada, os mais jovens eram os mais empolgados durante os louvores. 

“A nossa proposta é oferecer um momento de experiência com o amor de Deus, que não termina na Quarta-Feira de Cinzas. Uma forma de mostrar que é possível curtir um Carnaval longe de bebedeiras e outras distrações”, explicou Janaína Melo, integrante da organização do evento. A expectativa é de que até 1,5 mil pessoas participem da programação que vai até amanhã.

A costureira Emília da Silva não perde um Renovai-vos, esse ano realizado mais uma vez no ginásio da Universidade do Estado do Pará (Uepa), na Almirante Barroso. Ela contou que há pelo menos dez anos organiza sua agenda de trabalho para conseguir acompanhar todas as atividades. “Cada dia venho com um grupo diferente, amigos, parentes. É algo que me renova, um momento de reforçar a minha fé em Deus. Não existe outro Carnaval para mim que não seja desse jeito”, contou ela, que fez questão de ir ao evento com adereços carnavalescos. Unindo público de várias paróquias, o Renovai-vos deve contar este ano com pelo menos 300 trabalhadores voluntários. Assim como em outros retiros, oferece um espaço “kids”, para que os pais possam ficar tranquilos durante as pregações sabendo que os filhos estão sendo assistidos.

O administrador Gerson Pojo fundou a comunidade Kerygma, ligada à Paróquia de São Judas Tadeus, no bairro da Condor, há 18 anos, mesmo tempo em que criou a programação Curados para Amar, que ganhou uma edição especial voltada ao período do carnaval. 

REFLEXÕES

“É muito interessante que as pessoas que nos procuram e participam desse retiro também entendem esse momento como uma forma divertida e mesmo prazerosa de passar o carnaval. É o que a gente chama de descanso ativo, quando você para para fazer suas reflexões, mas faz isso rezando, cantando, interagindo com outras pessoas que procuram a mesma coisa”, analisou.

Um ponto em comum entre essas programações é a presença ou do arcebispo Metropolitano, Dom Alberto Taveira, ou dos auxiliares, na realização de algumas das missas que encerram a programação do dia. Taveira deve celebrar o encerramento do Renascer no dia 13 e ontem realizou missa para o público do Renovai-vos.

(Carol Menezes/Diário do Pará)



COMENTÁRIOS mode_comment