zoom_out_map
(Foto: Divulgação)

Zoca Fernandes expõe desenhos e pinturas na Elf

Terça-Feira, 16/05/2017, 08:57:51 - Atualizado em 16/05/2017, 08:57:51

Desde muito cedo, ainda na infância, Zoca desenhou e pintou muito. Tem uma relação familiar, claro. A mãe, Dina Oliveira, é artista plástica. E ainda tem tios, primos, “todos pintam”, ele conta. Depois, veio a arquitetura, o trabalho com artes gráficas, foi professor universitário ensinando desenho da figura humana. Como ele mesmo define, foi “uma relação muito próxima, costurada ao longo de muitos anos, com essas duas expressões”. Hoje, um pouco de ambas está presente na exposição “Zoca. Desenhos e Pinturas”, sua primeira individual na Elf Galeria, aberta até o próximo dia 24, com entrada franca. 

De acordo com o próprio artista, a exposição reúne 35 trabalhos, sendo aproximadamente 20 desenhos em técnica mista sobre papel e 15 pinturas em acrílica sobre tela, todos inéditos. “A maioria foi feita ao longo de 2016, e alguma coisa em 2017. É o desenvolvimento do meu trabalho, com temáticas que já venho abordando nas últimas exposições, por isso tem muito da figura humana, mas de forma menos realista. A forma humana aparece às vezes fragmentada, recomposta, a cor surge de forma mais intensa”, explica Zoca. 

Esta é a quarta individual do artista que já passou pelo Museu de Arte de Blumenau (2013), Museu de Arte Brasil-Estados Unidos (Mabeu/2014) e Museu da UFPA (2015), com “Tempo Gravado”, quando começou a trabalhar mais intensamente sobre a figura humana de forma desconstruída, algumas vezes na fronteira do abstrato. “São os homens e mulheres que vejo nas esquinas, na cidade, esse imenso salão de baile de máscaras. As imagens talvez expressem a diversidade humana e, ao mesmo tempo, a diversidade de personagens que há em cada um de nós”, afirma o artista.

"Figura 6"

Obra mostra amadurecimento do artista

Responsável pela curadoria de “Zoca. Desenhos e Pinturas”, Luena Müller Chaves destaca essa escolha pela produção mais recente do artista, privilegiando também os desenhos. “Ele sempre trabalha com pintura sobre tela, mas também tem uma produção muito boa de desenho, que continua sendo uma marca forte – ele começou desenhando, passou pela arquitetura, artes gráficas. Ele já tinha estado na Elf em coletiva com outros artistas e a gente aguarda há uns três anos essa oportunidade de fazer uma individual. Nesse tempo, deu para sentir bastante o amadurecimento dele”, comenta. 

E desde essa abertura, em 6 de maio, o trabalho dele vem despertando curiosidade em quem já conhecia sua produção, por ser diferente do que ele vinha fazendo. “O Zoca vinha trabalhando o olhar sobre a cidade, a figura humana estava lá como parte desse olhar, mas foi saindo para algo individual. Quem já conhecia tem achado interessante essas mudanças. E como é a primeira individual na Elf, tem gente que ainda não conhecia o trabalho dele e passou a se interessar. A exposição serve pra isso”, comenta Luena.

VISITA GUIADA

Pensando nisso, a galeria decidiu prolongar a exposição, que se encerraria no próximo dia 4, seguindo agora até o dia 24 de junho. Além disso, no dia 4, domingo, o espaço estará aberto para a programação do “Circular Campina Cidade Velha”, das 10h às 17h, e aproveita para promover uma “Visita Guiada” com o artista, às 11h. “Será uma ótima oportunidade para conhecer o trabalho conversando diretamente com o Zoca, que vai falar sobre a produção das obras e a trajetória dele nas artes plásticas. Será a oportunidade de uma conversa mais próxima”, destaca a curadora.

Conheça

Exposição “ZOCA. Desenhos e Pinturas”
Visitação: Até 24 de junho; de segunda a sexta, de 14h às 19h, exceto no feriado (15/6); e aos sábados, de 10h a 14h
Visita guiada: Dia 4 de junho, às 11h – dentro da Circular Campina Cidade Velha
Onde: Elf Galeria (Av. Gov. José Malcher, Passagem Bolonha, 60, Campina)
Quanto: Entrada franca
Informações: (91) 3351-8685

(Lais Azevedo/Diário do Pará)


COMENTÁRIOS mode_comment

CONTINUE LENDO keyboard_arrow_down
CONTINUAR LENDO keyboard_arrow_down