GERSON NOGUEIRA

Leia na coluna de Gerson Nogueira: arbitragem da Segundinha e notícias do Papão

POSTADO EM: Quarta-Feira, 29/11/2017, 08:27:39
ATUALIZADO EM: 29/11/2017, 08:27:39

zoom_out_map
Divulgação/FIFA.com

Final da Segundinha não teve sorteio de arbitragem

A coluna se solidariza com o repórter Nildo Matos, que noticiou a estranha dispensa de sorteio de árbitro para a final da Segundinha, entre Bragantino x Parauapebas, marcada para amanhã (15h30), em Bragança. Apesar das afirmações do presidente da Comissão de Arbitragem, assegurando que o sorteio teria sido realizado, houve de fato um obscuro acordo entre as duas agremiações em torno do árbitro Gustavo Ramos Melo, versão sustentada pela assessoria de imprensa do Bragantino à Rádio Clube.

A manobra significa retrocesso inaceitável no processo de designação de árbitros e compromete diretamente a atuação da Comissão de Arbitragem. Não existe lugar para acordo em torno da arbitragem. A legislação prevê sorteio, com ata e assinatura de testemunhas. Corajosamente, Nildo denunciou o arranjo e pôs abaixo a versão oficial.
O acordo, feito por baixo dos panos, afronta gravemente o Estatuto do Torcedor e jamais deveria ser aceito pela FPF. Além disso, pode ensejar reclamação de uma das partes, caso venha a se sentir prejudicada na partida. Nildo fez sua parte, como bom repórter que é, chamando atenção para o que pode vir a se tornar prática rotineira ao longo do Campeonato Estadual.

Detalhe importante: o árbitro que foi escalado via acordo não passou nos testes da comissão de arbitragem.

Surpresa com as possíveis permanências no Papão

O Papão acelera as definições de final de temporada e, a essa altura, alguns nomes já são considerados fora dos planos do clube. Além do atacante Anselmo e do goleiro Emerson, já oficialmente liberados, devem deixar a Curuzu os jogadores Augusto Recife, Diogo Oliveira, Jonathan, Juninho, Lucas Taylor, Peri, Rafael Dumas e Wellinton Jr.

Mais do que as dispensas, surpreende a aparente decisão de manter o centroavante Marcão e o lateral Ayrton, ambos muito criticados ao longo da Série B, mas considerados de confiança pelo técnico Marquinhos.

Aranha Negra imortalizado no cartaz oficial da Copa

O comitê organizador da Copa do Mundo de 2018 marcou um golaço com a escolha de Lev Yashin, o Aranha Negra, como símbolo do cartaz oficial do Mundial. Assinado pelo artista plástico Igor Gurovitch, o tributo é também uma homenagem ao chamado realismo socialista, expresso no estilo pós-construtivista soviético dos anos 20 e 30.

Yashin foi o melhor goleiro de seu tempo, disputando quatro Copas (de 1958 a 1970) e criando um jeito próprio de se comportar no gol.



COMENTÁRIOS mode_comment